Carreiras

Vocação ou mercado: o que considerar ao escolher sua profissão?

Você já sabe qual profissão escolher? Na hora de fazer essa decisão, é muito comum surgirem dúvidas, principalmente a respeito do que deve ser considerado: vocação ou mercado de trabalho. Vale mais a pena fazer aquilo que você gosta ou o que dá um bom retorno financeiro?

Na verdade, é preciso avaliar diversos fatores antes de dar esse grande passo. E, apesar de o diálogo com a família ser importante, a escolha deve ser feita sem pressão ou influência de outras pessoas.

Sabemos que essa tarefa é complicada. Justamente por isso, preparamos este post para explicar o que considerar e como acertar na escolha de uma carreira de sucesso. Vamos lá?

As habilidades e as afinidades pessoais

O 1° passo para escolher a profissão ideal é investir no autoconhecimento. Aqui, você precisa avaliar características, pontos fracos e fortes e outros fatores importantes, como:

  • as áreas de afinidade;
  • as expectativas com a carreira;
  • as habilidades específicas;
  • os interesses;
  • o perfil de trabalho;
  • a personalidade;
  • os valores pessoais.

Todos esses pontos devem ser considerados para identificar profissões compatíveis com o seu perfil. A lógica é simples: se você tem facilidade para executar algumas atividades, trabalhos que incluem essas tarefas no dia a dia serão mais compatíveis. Por exemplo: se você gosta de cálculos e finanças, a carreira de contador pode ser uma boa alternativa.

Porém, tenha em mente que habilidades podem ser desenvolvidas. Portanto, ter dificuldade em alguma matéria não é um impedimento para seguir determinada carreira.

Com base nessas informações, liste as profissões que despertam o seu interesse. Não tem problema se a lista ficar grande, pois ainda temos outras dicas que vão ajudar na escolha. O importante é encontrar todas as opções possíveis para a sua carreira.

O mercado de trabalho

Uma ótima dica para essa escolha é avaliar o status do mercado de trabalho e as oportunidades disponíveis. Existem vários cursos dentro de uma mesma área, e a análise do mercado pode ajudar a definir a melhor alternativa para a sua carreira.

Para isso, faça uma pesquisa sobre todas as profissões que você imagina que possam ser uma boa escolha. Avalie:

  • o número de profissionais no mercado;
  • a concorrência;
  • o perfil buscado pelas empresas;
  • a faixa salarial;
  • as chances de crescimento;
  • os aspectos relacionados ao desenvolvimento da carreira.

Com a evolução constante do mercado, lembre-se de considerar também as expectativas do setor para os próximos anos e as tendências para a carreira. É fundamental pensar no futuro para tomar uma decisão consciente e evitar arrependimentos.

Se possível, converse com profissionais da área para saber mais sobre a carreira e invista no diálogo com a família para discutir as informações que você colheu. Isso permitirá que você analise as opções sob outra perspectiva, o que ajuda a identificar fatores que, às vezes, passam despercebidos.

As possibilidades de atuação

Existem cursos que possibilitam diversas atuações diferentes: emprego formal, trabalho autônomo, carreira acadêmica, concurso público etc. Esse é um ponto fundamental para avaliar na hora da escolha da profissão, principalmente devido às mudanças que podem acontecer.

Para quem deseja mais liberdade e segurança em relação ao futuro, compensa avaliar as profissões com mais possibilidades de carreira. A faculdade de Direito, por exemplo, oferece diversas opções: advocacia, concursos públicos e magistério envolvendo diversos setores.

Portanto, ao avaliar as oportunidades de atuação como fator decisivo para a sua profissão, é necessário analisar se você pretende investir em um mercado mais amplo ou específico.

O retorno financeiro

Já deixamos claro que a escolha da profissão não pode ser feita com base apenas em vocação ou mercado. O fator financeiro também tem bastante relevância para essa decisão. Contudo, isso não significa que você deva escolher a opção com maior remuneração. Antes de qualquer outra coisa, é preciso determinar os seus objetivos de vida.

A profissão escolhida deve possibilitar que você realize os seus planos e proporcionar qualidade de vida e estabilidade financeira. Novamente: o apoio da família pode ser importante para ajudar a avaliar os custos de vida e alinhar as expectativas em relação à remuneração.

Porém, essa escolha nunca deve ser feita apenas com base no aspecto financeiro. Tenha em mente que a profissão fará parte da sua rotina por muitos anos. Sendo assim, fazer algo que você goste e tenha afinidade, isto é, seguir a sua vocação também é importante para ter satisfação profissional.

Além disso, trabalhar com algo que você realmente goste facilita o desenvolvimento da carreira e ajuda a manter a motivação.

Outro ponto importante é que, com as mudanças constantes no mercado de trabalho, nem sempre o retorno financeiro é constante. Uma profissão que hoje é bem remunerada pode não ter resultados tão bons no futuro. Por isso, ao considerar esse como o principal fator para a decisão, as chances de arrependimento são maiores.

Os desafios da carreira

Todas as profissões trazem desafios, mas é importante conhecer quais são eles para tomar uma decisão consciente e se preparar da melhor forma. Desse modo, você poderá desenvolver um bom plano de carreira, estabelecendo metas e objetivos que deverão ser cumpridos desde a faculdade.

Converse com outros profissionais da área e faça pesquisas para entender quais são os maiores desafios da profissão. Em seguida, avalie se você está disposto a lidar com essas situações e entenda como se preparar da melhor maneira para superá-las.

O autoconhecimento é muito importante nesse momento, pois permite que você avalie, de fato, se está disposto a enfrentar todos os desafios para não se frustrar no futuro. Assim, você fará uma escolha consciente e será capaz de vencer todas as dificuldades para atingir os seus objetivos.

Como vimos, a escolha da profissão não depende de apenas um fator, como vocação ou mercado. É preciso analisar diversos elementos para encontrar uma carreira que se encaixe no seu perfil e garanta a satisfação profissional — ponto fundamental para se destacar no mercado de trabalho.

Então, gostou das nossas dicas? Se você deseja acompanhar outros conteúdos como esse, assine a nossa newsletter e receba e-mails com as nossas atualizações!

Deixar comentário.

Share This
0