Estudos

Solucione as suas 4 maiores dúvidas sobre transferência de faculdade

clique na imagem para se inscrever

Clique na imagem para se inscrever!!

Como está sua graduação? Você tem dúvidas em relação à sua vocação profissional ou ao curso que escolheu? Ou, ainda, acertou no curso, mas está insatisfeito com a sua instituição de ensino? Tem considerado uma possível transferência de curso ou instituição, mas não sabe o que deve ser feito e, principalmente, por onde começar? Então, este post foi feito especialmente para você!

No Brasil, muitos alunos fazem transferência entre universidades todos os anos. Na verdade, cerca de um terço dos alunos trocaram ou vão trocar de instituição pelo menos uma vez antes de obter seu diploma.

Essas ocorrências são comuns por vários motivos: os jovens precisam escolher muito cedo o curso superior, o mercado de trabalho nem sempre é claro para o vestibulando de determinados cursos, ou mesmo o próprio curso ou a instituição deixam a desejar para o aluno e sua família. Fatores financeiros também são considerados nessa decisão.

Transferir de faculdade pode ser uma ótima ideia. Se você tem certeza de que a nova escola oferece oportunidades que sua escola atual não possui, não perca tempo! Mas saiba que a transferência pode envolver processos seletivos ou etapas de admissão.

Ainda que muitas vezes seja mais fácil conseguir uma transferência entre cursos do que passar no vestibular, suas chances de aceitação como aluno de transferência são muito diferentes de ter que começar tudo de novo.

Aqui estão nossas orientações e dicas sobre sua tomada de decisão de transferir de faculdade, bem como escolher a escola certa para você. Confira como pode ser esse processo e se prepare para novos rumos em sua formação!

1. Por que transferir de faculdade?

Um excelente motivo para transferir de instituição de ensino é simplesmente porque você pode estar infeliz com seu curso. Se você não “se encontra” e não sente que está participando da faculdade e vivendo sua vida acadêmica, é provável que essa não seja a melhor faculdade para você.

Você não precisa, e não deve, se conformar com quatro anos de sofrimento. É muito importante considerar suas expectativas acadêmicas, profissionais, econômicas e sociais.

Outro motivo para se transferir de faculdade é se a instituição atual não tem um programa relevante, de destaque, em sua área de interesse. Se você decidiu ser um médico e sua faculdade tem um programa de medicina que deixa a desejar e não supre suas expectativas, não tenha medo de procurar outro lugar.

Pode acontecer de alguns alunos serem rejeitados na primeira tentativa de transferência, assim, podem escolher outra instituição ou ainda tentar novamente o processo de transferência     quando for possível novamente. Outros ainda escolhem cursos de graduação de curta duração, mas depois querem migrar para um curso de 4 anos, por exemplo.

Seja qualquer motivo que o inspire a mudar de faculdade, vale a pena fazer uma pesquisa detalhada. Faça uma visita ao campus da escola em que pretende entrar, converse com os alunos atuais e egressos, e certifique-se de assistir a algumas aulas específicas que o interessam, se houver possibilidade. Afinal, você não quer correr o risco de ter que solicitar transferência outra vez, não é mesmo?

2. Como planejar sua transferência de faculdade?

É muito importante tirar boas notas na sua faculdade atual e ter assiduidade e interesse, pois isso conta muitos postos para sua transferência.

As faculdades têm políticas diferentes para alunos transferidos, mas normalmente esperam que os alunos estejam na média. Caso você esteja na faculdade há mais de 4 anos e tenha realizado muitas dependências e recuperações, é provável que o seu processo de transferência seja difícil.

Também é preciso considerar, é claro, que a transferência vai impactar a possível data de formatura, principalmente se seus planos incluem transferência de faculdade no exterior. É importante estar ciente das políticas de transferência de onde você está atualmente e da instituição que tem em perspectiva.

Nem todas as disciplinas/créditos são transferíveis, e algumas faculdades não aceitam disciplinas de determinados cursos, ainda mais se sua nota foi abaixo da média.

3 Como realizar sua transferência?

Solicite e apresente cartas de recomendação dos seus professores da faculdade. Recomendações da faculdade são benéficas, são a opinião de alguém que acompanhou seu desenvolvimento como aluno no curso de graduação.

Procure professores que têm afinidade com você (especialmente aqueles dentro de sua área principal ou acadêmica de interesse). Não tenha medo caso eles demonstrem que não estão felizes com sua decisão de mudar de instituição ou curso; em última análise, os professores querem que seus alunos se realizem.

Se um professor concorda em escrever uma carta para você, deixe ele ou ela saber o quanto isso significa para você.

Além disso, é importante que você esteja atento aos prazos de candidatura de transferência. Os prazos de transferência variam de escola para escola, embora provavelmente ocorram entre fevereiro a abril. Verifique o site da instituição, busque por processos seletivos e editais.

Confira, também, possíveis bolsas de transferência da própria universidade, ou mesmo os programas do Governo que podem auxiliar sua transferência, como FIES e Prouni.

4. O que fazer para garantir o sucesso da transferência de faculdade?

  • saiba qual é a taxa de admissão de transferência para a faculdade que você pretende ir;

  • certifique-se de que sua nota média é 7,0;

  • identifique se a instituição de sua preferência aceita transferências;

  • considere se compensa mudar de curso, ponderando o tempo que você está em seu curso atual;

  • procure saber em sua futura faculdade os horários de aulas e valores de mensalidades;

  • faça uma análise curricular e observe quais disciplinas poderá aproveitar e quais não. De preferência, peça uma análise de histórico curricular;

  • calcule o prazo para conclusão do curso em outra instituição e sua possível data de graduação;

  • pese os aspectos positivos e negativos de sua transferência de faculdade.

Esperamos que agora você possa tomar sua decisão sem arrependimentos, pois esse é um passo decisivo na sua vida e na sua carreira. Um profissional feliz e realizado contribui melhor para a sociedade, além de viver com mais saúde e contentamento, inspirando pessoas em sua área profissional e na vida.

Agora que você já tirou suas dúvidas sobre transferência de faculdade, leia o nosso post e saiba qual carreira é mais interessante pra você: pública ou privada?

Você não tem nenhum conteúdo salvo.

Você gostou deste artigo? Aproveite a visita para assinar a nossa newsletter. Desse jeito você vai receber as nossas atualizações na sua caixa de entrada!

Sobre o autor

Faculdade de Rondônia

Faculdade de Rondônia

Share This
0