Administração

Saiba aqui o que você precisa para ser um administrador de empresas

 

No século XIX — apesar de que o ser humano bem antes disso já se organizava e planejava suas ações em prol da sociedade — surgiu a teoria da administração que conhecemos na atualidade. A necessidade de um administrador de empresas infalível nasceu com a Revolução Industrial e evoluiu a cada inovação e desenvolvimento tecnológico.

Na educação, naquele tempo, dois engenheiros, um norte-americano e um francês, Taylor e Fayol, criaram escolas de administração no intuito de melhorar os meios de organização das empresas, impondo métodos e planejamentos estratégicos, ou seja, uma teoria da administração.

Nesse contexto, o papel do administrador de empresas é de uma forma geral: planejar, organizar e orientar os recursos de uma organização, desde o tratamento com as pessoas até o processo de produção mais eficiente dos maquinários.

O que mais chama a atenção na profissão do administrador é a sua amplitude, pois a formação é completa e o profissional pode atuar e se especializar na área que mais o agrada. Algumas delas são: marketing, finanças, recursos humanos, produção, logística etc.

Ficou interessado? Então continue a leitura e descubra mais sobre a atuação do administrador de empresas!

O que faz um administrador de empresas?

O administrador é o responsável por diferentes setores de uma empresa, seja privada, seja pública. Ele trabalha como analista, no planejamento estratégico, na assessoria, gerência e tem potencial para presidir e/ou dirigir sua própria empresa.

Cada uma dessas funções tem um nível, que podemos resumir em 3. São eles:

  • estratégico: esse nível envolve cargos altos, como chefia e diretoria. O administrador é quem pensa estrategicamente as ações da empresa, principalmente, em longo prazo;

  • tático: nessa função, o administrador deve colocar as ideias do nível estratégico em prática. Por isso, é importante que esse profissional seja uma pessoa criativa e proativa;

  • operacional: o administrador no nível operacional deve ser um bom líder e saber trabalhar em equipe, pois precisará colocar todas as ações dos outros níveis para funcionar, lidando diretamente com os colaboradores.

Quais as características de um administrador de empresas?

O mercado está sempre se atualizando, inovando e evoluindo. Não tem como negar que o administrador deva acompanhar essas premissas, pois ele é um dos responsáveis por enxergar o crescimento e as possibilidades dentro de uma empresa.

É por isso que algumas características são essenciais para quem quer ser um administrador de empresas de sucesso. Entre elas:

Desejo de realização

Para o administrador não há espaço para a procrastinação, pois o desejo de realizar aquilo que planejou é tão grande que ele sente prazer em fazê-lo. Mesmo que não saia como esperado, o mais importante é tentar e mostrar que sempre há um impulso novo para realizar algo de outras formas, até que se encontre uma solução eficiente.

Desejo de mobilidade social

Por mais que a ascensão social não seja o foco do administrador, mudar é algo comum entre as características de um bom gestor. Ele não gosta de ficar estagnado e isso é essencial para uma profissão em que as constantes mudanças sociais e naturais a afetam diretamente.

Habilidade de organizar

A habilidade de organizar as coisas antes de agir é uma característica que muito ajuda o administrador na rotina de uma empresa. Desde atitudes simples como uma agenda de tarefas em dia, até grandes ações como o layout dos maquinários na indústria, a organização é uma forma de mostrar segurança quanto ao funcionamento de algo.

Capacidade de tomar decisões

A tomada de decisões é uma habilidade que pode ser confundida se a pessoa não souber moderar suas ações. Ouvir os responsáveis pela tarefa e delegar funções sem perder a responsabilidade pela decisão final não é algo fácil, por isso o administrador precisa desenvolver essa característica.

Comunicação

O profissional em administração precisa, na maior parte das suas atribuições, lidar com outras pessoas. Uma comunicação de qualidade e efetiva aumenta a motivação da equipe e potencializa a gestão como um todo.

O diálogo e a disposição em ouvir o outro, clientes ou colaboradores, são essenciais para que as tomadas de decisões não fiquem fechadas a uma só pessoa ou um grupo específico.

Powered by Rock Convert

Contorno às adversidades

Os conflitos são normais em uma empresa e ninguém está imune a eles. O que pode (e deve) ser a função de um administrador é saber lidar com essas situações e contornar as adversidades com calma e de maneira racional, não misturando pontos pessoais com os profissionais.

Mais uma vez a capacidade de ouvir é exigida para que as relações continuem saudáveis e os problemas sejam solucionados de maneira ponderada.

Flexibilidade

O administrador do mundo moderno precisa saber lidar com a mudança. Insistir com algo que não está dando certo por tradição ou falta de vontade de mudar não é nem de perto uma característica desse profissional.

Bem diferente disso, ele é flexível e consegue enxergar outras maneiras de fazer a mesma coisa, admitindo suas falhas e adotando o novo sempre que necessário. Isso mostra maturidade e confiança, algo essencial ao administrador.

Autoconfiança

Saber o que é sua função dentro de uma organização e se mostrar responsável por ela são dois dos principais papéis de um gestor. Para que todas as ações acima sejam tomadas é inegável que a pessoa tenha autoconfiança.

Sem misturar as coisas, ter confiança em si é diferente de ser arrogante, por isso há o cuidado para não deixar o egocentrismo falar mais alto. O administrador de empresas é o motivador de um grupo maior e precisa se comportar como tal para ser um bom líder.

Qual o diferencial do administrador de empresas infalível?

Se pensarmos em todas as características e habilidades acima vamos perceber que algumas delas podem até mesmo já terem sido desenvolvidas na infância e na juventude. No entanto, aprimorá-las é papel da faculdade, que também é uma alternativa para desenvolver as existentes.

O curso superior para o administrador de empresas é de grande valia, principalmente, quando se tem consciência da importância da graduação, não apenas para o currículo, mas para a “personalidade” de administrador desejada para que você seja um profissional competente e infalível.

Está pensando em fazer administração? Conhece algum amigo que tem interesse no curso? Que tal compartilhar essas dicas com seus amigos em suas redes sociais?

 

Deixar comentário.

Share This
0