Engenharia Civil

Quais as diferenças entre engenharia civil e arquitetura? Entenda aqui!

clique na imagem para se inscrever

Clique na imagem para se inscrever!!

O processo de escolher uma carreira deve ser feito com muito cuidado. Afinal, ele tem uma grande influência no futuro profissional. Além disso, há profissões, como engenharia civil e arquitetura, com semelhanças e diferenças que devem ser bem analisadas.

Quanto mais um estudante estiver bem informado sobre as atribuições das carreiras com as quais tem mais afinidade, maiores são as chances de fazer a escolha correta. Por isso, é muito importante conhecer o mercado da profissão em que pretende trabalhar no futuro.

Neste post, vamos destacar as funções exercidas por engenheiros civis e arquitetos, a trajetória na graduação, as diferenças marcantes entre as duas áreas e aspectos a serem observados na hora de optar por uma profissão. O objetivo é ajudá-lo a tirar todas as dúvidas sobre as duas carreiras. Confira!

Conheça as ações do engenheiro civil

O engenheiro civil é responsável por fazer o projeto, o gerenciamento e a execução de obras. Ele também pode atuar na construção de casas, apartamentos, barragens, ruas, estradas e viadutos, por exemplo.

Esse profissional pode fazer reformas de residências e edifícios. E deve acompanhar todas as fases da obra, como a análise do solo e a escolha dos tipos de fundação. Além disso, tem a tarefa de verificar a instalação das redes elétrica e hidráulica de uma casa.

Outra atribuição é verificar itens importantes para a realização de uma obra, como custos, prazos e qualidade. O engenheiro deve priorizar a segurança de uma construção ou reforma, analisando aspectos, como temperatura, vento e a resistência dos materiais utilizados.

Veja a trajetória do engenheiro civil na faculdade

Para se tornar um engenheiro civil, é necessário fazer um curso superior com 5 anos de duração. A grade tem um foco mais direcionado para as matérias de Ciências Exatas, como cálculo, desenho técnico, física aplicada e matemática.

Também são oferecidas disciplinas relacionadas com as áreas de geotecnia (estudo dos solos, das rochas e das fundações), saneamento e transportes. Com a intenção de formar profissionais mais completos para o mercado de trabalho, o curso oferece aulas de ciências sociais, administração e economia.

Os alunos também podem estudar as matérias de desenho e projetos arquitetônicos para complementar a formação. Para finalizar a graduação, é preciso fazer um estágio e entregar o trabalho de conclusão de curso.

Com certeza, é fundamental ter afinidade com a física e a matemática para assimilar os conhecimentos oferecidos durante a graduação, o que é fundamental para obter uma posição de destaque na carreira.

Fique informado sobre o que faz o arquiteto

Organizar e projetar os espaços para tornar uma residência mais confortável e bonita são algumas das atribuições do arquiteto. Esse profissional é responsável por coordenar a construção ou a reforma de prédios e casas, elaborando a planta e estabelecendo os materiais a serem utilizados durante a obra.

A maneira como os moradores podem utilizar o imóvel e a forma como os móveis estarão espalhados pela residência são aspectos que devem ser trabalhados pelo arquiteto. O cuidado com a qualidade da acústica, iluminação e ventilação é mais uma atribuição desse profissional, que precisa analisar os impactos ambientais a serem provocados por uma obra.

Inegavelmente, é uma carreira que exige raciocínio rápido, bastante criatividade e boa comunicação. Um dos motivos é que o cliente deve ser convencido de que as atividades a serem feitas durante a obra são as melhores para atingir os resultados esperados.

Saiba como é a graduação na área

A diversidade de matérias é uma das marcas do curso de arquitetura, já que os alunos contam com disciplinas das Ciências Exatas e Humanas. O primeiro semestre se caracteriza por um conteúdo mais teórico. Nele, são oferecidas aulas de antropologia, fundamentos estéticos, história da arquitetura e matemática.

No segundo, a prioridade são as aulas práticas que abrangem vários segmentos, como:

  • desenho arquitetônico;

  • construção de edifícios;

  • conforto ambiental;

  • projetos de custos;

  • sistemas estruturais.

Os estudantes também recebem orientações sobre como utilizar softwares que mostram como os ambientes e as edificações ficarão após a construção ou reforma. Em média, a graduação é concluída em 5 anos. Apenas recebem o diploma os que fazem estágio e entregam o trabalho de conclusão de curso.

Entenda as diferenças entre engenharia civil e arquitetura

Embora possam executar atividades em comum, como a execução de projetos para construção e reformas de pequeno porte, os arquitetos e os engenheiros possuem diferenças marcantes nas atribuições profissionais.

Obras de restauro relacionadas com o patrimônio histórico podem ser executadas somente por formados em arquitetura. Eles também podem trabalhar com design de interiores e paisagismo.

No caso dos graduados em engenharia civil, eles têm como responsabilidade exclusiva a construção de estradas, pontes e viadutos. Além disso, apresentam uma grande variedade de opções para entrar no mercado de trabalho, podendo atuar nos setores de saneamento e transportes.

Com base nas atribuições relacionadas com as duas carreiras, é fácil perceber que os arquitetos precisam ter um foco maior na criatividade para conquistarem a confiança dos clientes.

Em relação aos engenheiros, é necessário ter muita organização e afinidade com os cálculos matemáticos. Isso porque eles devem ter muita precisão ao definir a quantidade de materiais e o tempo que será gasto para a execução de uma obra.

Pense nas características de cada profissão antes de fazer a escolha

Não é fácil para um estudante, em alguns casos, definir a carreira que vai exercer no futuro. É bastante comum que um jovem tenha dúvidas em optar pela engenharia civil ou pela arquitetura. Um dos motivos é que as duas profissões possuem semelhanças em algumas ações.

Para fazer a escolha ideal, é fundamental analisar as diferenças entre as duas áreas. Assim, será mais fácil verificar qual a carreira você tem mais afinidade. Os que possuem uma grande familiaridade pelas Ciências Exatas tendem a optar por um dos diversos ramos da engenharia.

No caso dos que gostam de Ciências Exatas e de Humanas, a tendência é escolher a profissão de arquiteto. Se você tem uma grande capacidade de improviso e bom gosto para deixar uma residência mais bonita e bem organizada, a arquitetura pode ser uma alternativa muito interessante.

Os que possuem bastante facilidade de gerenciar recursos materiais e humanos e apresentam facilidade para administrar orçamentos, é indicado escolher a engenharia para alcançar o sucesso profissional.

Se você está interessando em ter mais informações sobre engenharia civil e arquitetura, assine agora mesmo a nossa newsletter. Com certeza, estar bem informado sempre faz a diferença na hora de optar por um curso superior!

Sobre o autor

Faculdade de Rondônia

Share This