Engenharia Civil

O salário do engenheiro e o impacto na escolha de sua carreira

A engenharia é uma área que chama bastante a atenção dos jovens. Um dos motivos é que o salário de engenheiro proporciona aos profissionais uma boa qualidade de vida. Além disso, essa carreira tem muito prestígio na sociedade, pois tem uma ligação direta com o desenvolvimento social e econômico.

A construção de casas e a instalação de algumas empresas são atividades viáveis somente com a participação de um engenheiro. Ele também participa de obras de grande porte (pontes, estradas, estádios de futebol, museus etc.), fazendo com que todos os segmentos sociais sejam beneficiados por seus serviços.

Neste post, você terá uma noção do panorama da carreira de engenheiro no Brasil e receberá dicas valiosas para ser um profissional de sucesso. Confira!

Veja como está a demanda por engenheiros

Um estudo do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) prevê que o país necessite criar, no mínimo, 660 mil pontos de trabalho para engenheiros até 2020. O segmento de petróleo e gás, que engloba as atividades de extração e refino, poderá ter um crescimento de vagas de até 19%.

Na avaliação do Ipea, a demanda do mercado de trabalho por esses profissionais será contemplada por causa do aumento dos cursos de engenharia em todas as regiões do Brasil. De acordo com a pesquisa, o número de universitários que começaram a fazer engenharia subiu 351%, de 2000 a 2012. No mesmo período, as demais áreas registraram um crescimento médio de 120%.

No ano de 2011, houve, pela primeira vez, mais estudantes de engenharia do que de direito ingressando no ensino superior. Esses números mostram que essa carreira está em expansão no mundo acadêmico e também no mercado de trabalho, o que abre boas perspectivas para o setor nos próximos anos.

Saiba mais sobre o salário de engenheiro

O salário dos que atuam na engenharia varia bastante em razão de fatores que envolvem a complexidade da função, a experiência profissional e o porte da empresa.

Uma pesquisa da Lovedays, realizada em 2017, aponta que a média salarial dos engenheiros é, em média, de R$ 7.666. Com base nesse estudo, apresentaremos a remuneração média de 7 segmentos da engenharia para você ter uma noção de como está o mercado. Acompanhe:

  • engenheiro de petróleo: salário de R$ 15.126 por mês

  • engenheiro de segurança do trabalho: salário mensal de R$ 8.024

  • engenheiro mecânico: salário de R$ 7.546 por mês

  • engenheiro civil: salário mensal de R$ 7.325

  • engenheiro de produção: salário de R$ 7.312 por mês

  • engenheiro ambiental: salário mensal de R$ 6.234

  • engenheiro florestal: salário de R$ 5.966 por mês

Percebe-se que o salário de engenheiro em diversas áreas é maior que o de outras carreiras que também exigem nível superior. Para conseguir uma remuneração mais atraente, é válido que o profissional busque especializações e faça cursos de mestrado e doutorado.

À medida que adquire mais qualificação, um engenheiro tem mais possibilidades de aperfeiçoar os serviços e de negociar um salário que seja compatível com o que apresenta para os clientes e as empresas.

Conheça o perfil do profissional de engenharia

Embora seja um fator muito importante, o salário não pode ser o único aspecto a ser levado em consideração na hora de escolher uma carreira. É necessário avaliar se você tem condições de obter as qualificações necessárias para exercer uma profissão de forma correta.

Pensando nisso, destacaremos algumas características essenciais para os que desejam trabalhar na área de engenharia. Acompanhe!

Facilidade em fazer cálculos

O engenheiro deve ter habilidade para realizar diversos cálculos matemáticos com precisão. Um dos motivos é que os projetos devem ser executados sem nenhum erro. Afinal, um equívoco na quantidade de materiais, por exemplo, pode prejudicar bastante a qualidade de uma obra.

Também é imprescindível ter afinidade com os números para que o orçamento dos projetos seja elaborado corretamente. Os gastos de uma construção devem ser bem definidos para as atividades não serem paralisadas por falta de recursos financeiros.

Espírito de liderança

Para administrar uma obra não basta apenas ter conhecimento técnico e facilidade de fazer cálculos, é fundamental gerenciar a postura profissional dos envolvidos no projeto. Isso somente é feito com maestria quando o engenheiro mostra capacidade de liderança.

Se você deseja ter um salário de engenheiro acima da média, vale a pena desenvolver as habilidades necessárias para ser um líder, como empatia, bom relacionamento interpessoal, saber ouvir as pessoas e ter foco em resultados.

Busca constante pelo conhecimento

Mesmo que esteja em uma empresa de grande porte, um engenheiro deve evitar a acomodação. Chegar a uma posição de destaque na carreira não significa que você não tenha mais nada a aprender. Pelo contrário: é mais uma razão para se esforçar mais para alcançar um desempenho ainda mais expressivo.

Para estar em condições de bater metas e ser mais produtivo, a recomendação é ter um planejamento voltado para o desenvolvimento profissional. Essa iniciativa deve incluir cursos de pós-graduação e a participação em capacitações e seminários do setor de engenharia.

Outra medida interessante é participar de grupos com temáticas direcionadas para engenheiros no Facebook e no LinkedIn, por exemplo. Quanto mais conhecimento um profissional tiver, maiores são as possibilidades de se destacar no mercado de trabalho.

O reconhecimento dos colegas de profissão e a admiração dos clientes são fatores que contribuem para aumentar o salário de engenheiro. Conciliar sucesso profissional com uma boa remuneração é o desejo de muitas pessoas, não é mesmo?

Fluência em outros idiomas

Muitas obras do segmento de engenharia estão disponibilizadas na língua inglesa. Esse aspecto faz com que o domínio do inglês se torne um diferencial relevante. Dependendo da empresa em que o profissional atua, é necessário trabalhar com pessoas de outras nacionalidades que não sabem se comunicar corretamente em português.

Ter domínio da língua inglesa e de outros idiomas contribui para o profissional estar habilitado a participar de projetos de grande porte. Com a globalização da economia, os engenheiros precisam expandir a capacidade de interagir com os clientes e colegas de profissão. Do contrário, vão perder grandes oportunidades de crescimento profissional.

O domínio de cálculos, o espírito de liderança, a vontade de aprender sempre e a facilidade de se comunicar em vários idiomas são fatores que contribuem para aumentar o salário de engenheiro. Isso porque permitem consolidar um desempenho superior à média dos que estão nessa área.

Se você está interessado em fazer a graduação em engenharia, saiba que a Faro tem excelentes cursos à sua disposição. Entre em contato conosco para que possamos ajudá-lo a começar uma trajetória profissional de sucesso!

 

Deixar comentário.

Share This
0