Estudos

Não passei no ENEM, e agora? Temos a solução para você!

“Não passei no Enem, perdi minha chance de entrar para a universidade que eu tanto queria”. Calma! Você não precisa enxergar a situação dessa forma tão rigorosa. Sua jornada está apenas começando, há muitos outros caminhos que também podem levar você ao seu propósito.

É compreensível que o sentimento de frustração tome conta, nesse momento. No entanto, você deve utilizar essa experiência como um degrau para o seu sucesso. Quer saber como fazer isso? Continue acompanhando o nosso post e veja como vamos ajudar você a olhar mais longe e redefinir seus planos para iniciar o curso superior. Siga em frente!

Encare como um aprendizado

É assim que você deve pensar: “Não passei no Enem dessa vez. Foi apenas a primeira tentativa”. Olhe quanto tempo ainda há pela frente, quantas oportunidades vão aparecer na sua vida!

Você pode tentar passar na prova do Enem novamente no próximo ano, ou pode avaliar outros meios para chegar ao seu objetivo de entrar em uma universidade. Em vez de afirmar que foi uma falha, acredite que foi uma experiência válida e que agora você já tem mais bagagem para dar o próximo passo.

Um ano a mais não vai atrasar tanto assim os seus planos. Seja frequentando um cursinho preparatório, seja traçando um cronograma de estudos eficiente, esse tempo a mais vai contribuir positivamente para o seu aprendizado, especialmente se você ainda está em fase de conclusão do ensino médio.

Não pense nesse prazo como “perda de tempo”. Aproveite para reorganizar sua mente e suas metas, para redescobrir suas aptidões e modificar alguns hábitos que talvez tenham prejudicado o seu resultado.

Claro que passar por essa fase já não é muito fácil. Possivelmente, você ainda tem dúvidas sobre as suas escolhas e sobre o seu futuro, e agora ainda terá que lidar com a autocobrança e até com a cobrança dos familiares. Porém, saiba respeitar o seu tempo e acredite que sua capacidade é muito maior do que você conseguiu demonstrar dessa vez.

Enxergue outras possibilidades

Entenda que o seu futuro não depende apenas da aprovação imediata no Enem. Você pode e deve enxergar além da frustração que sente agora e avaliar alternativas para alcançar o seu objetivo. Justamente porque ele não era somente o de obter uma boa pontuação no exame, mas sim entrar para a universidade, não é mesmo? E há outros meios para chegar lá!

Comece com uma autoavaliação

Primeiramente, avalie o seu desempenho e o seu empenho para realizar a prova do Enem. Você se dedicou o suficiente? Elaborou um planejamento? Seguiu um cronograma? Deu prioridade aos estudos? Faça essa autoavaliação e tente compreender em que ponto você se limitou e quais foram os obstáculos que desfavoreceram o seu rendimento.

Avalie também o seu estado emocional e suas condições físicas no dia do exame. Sono, cansaço, alimentação irregular, preocupações, falta de concentração e ansiedade são alguns dos problemas que podem ter prejudicado o seu desempenho.

Não seja tão inflexível com você mesmo

É importante avaliar os pontos em que você não foi bem, mas também é necessário tomar cuidado com o excesso de autocobrança. A autocrítica construtiva vai ajudar você a corrigir os erros e se empenhar mais, em uma próxima oportunidade. Por outro lado, a inflexibilidade e os pensamentos negativos só vão causar ainda mais desmotivação.

Então, entenda que a nota de uma prova não define sua capacidade e não mensura sua inteligência como um todo. Todos nós temos dias ruins e dias bons. Acredite que o seu potencial é muito maior e você pode provar isso a si mesmo.

Transforme isso em uma experiência produtiva

Pense nessa experiência como o primeiro passo na longa estrada da sua jornada acadêmica e profissional. Avalie o aprendizado que você obteve com essa tentativa. Agora, você já sabe na prática como funciona a prova do Enem, sabe em quais pontos pode se dedicar mais e está mais preparado para futuros exames ou para outros processos seletivos.

Observe que até um crescimento pessoal você obteve com essa experiência, já que descobriu que é capaz de lidar com a frustração de forma positiva. Sim ou não? Você é quem decide o que vai trazer mais lucros: ficar julgando o seu desempenho e desistir de tentar outra vez, ou redirecionar seus objetivos e arriscar novos caminhos?

Tente outros tipos de vestibular

A nota do Enem é utilizada por quem pretende entrar em uma universidade pública, conseguir financiamento estudantil ou obter bolsas como o Prouni. De fato, é um exame que contém um peso e tanto, por isso atrai milhões de participantes todos os anos.

Porém, essa não é a única maneira de garantir uma vaga em instituições de ensino superior. Você também pode tentar os vestibulares tradicionais, para entrar em universidades públicas ou privadas, ou realizar um vestibular agendado em faculdades particulares.

Pesquise sobre os diferentes tipos de IES

Outra dica importante para ajudar você a reavaliar suas possibilidades de ingresso no curso superior é conhecer um pouco mais sobre os diferentes tipos de instituição que existem: universidade; faculdade; centro universitário; centro de educação tecnológica; institutos federais.

Você pode até já ter escutado todos esses termos e pensa que alguns são apenas sinônimos, mas não são. Há diferenças entre os tipos de instituição, e seria interessante obter mais informações sobre cada um, para ter certeza de qual é a escolha mais adequada aos seus propósitos.

Conheça mais sobre as instituições privadas

Se você cresceu escutando que as universidades públicas são as melhores opções, está na hora de desconstruir essa ideia. As instituições privadas estão investindo cada vez mais em educação de qualidade, com recursos tecnológicos e propostas pedagógicas que se aliam totalmente às atualizações do mercado de trabalho.

O estudante que se forma em uma faculdade privada é solidamente capacitado a desenvolver suas atividades e se tornar um nome de destaque em sua carreira. Além da formação de qualidade, o que vai determinar o sucesso do profissional é o comprometimento com o trabalho e a disposição para investir em educação continuada.

Pronto! Agora você já pode parar de pensar “não passei no Enem, meu futuro profissional acabou”. Existe uma longa estrada à sua frente, com muitas possibilidades que podem levar ao sucesso. Não se limite a uma só opção, não desanime diante da primeira porta que se fecha!

Gostou do nosso post? Está pronto para ultrapassar as próximas barreiras? Comece curtindo nossa página no Facebook e mantenha-se sempre atualizado com dicas de estudo e informações sobre carreiras.

 

Deixar comentário.

Share This
0