Carreiras Engenharia Civil

Mercado de engenharia civil: como se preparar para a carreira?

clique na imagem para se inscrever

Clique na imagem para se inscrever!!

O mercado de engenharia civil é, por si só, bastante amplo em tamanho e diversidade. Porém, aqui no Brasil, após um crescimento acelerado, seu ritmo tem diminuído nos últimos anos, tornando-se cada vez mais disputado e competitivo. Por isso, é importante que aqueles que escolham essa área aproveitem o tempo de estudos para se preparar e se especializar.

Afinal, para se sobressair em meio a tantos profissionais que também estão buscando um espaço no mercado, não basta apenas ser fera nos cálculos e equações, é preciso conhecer os diferenciais mais buscados pelas empresas, desenvolver as competências necessárias e investir em uma formação superior que prepare o aluno para encarar os desafios do mercado de trabalho.

Nesse cenário, a escolha de uma boa faculdade com o reconhecimento do Ministério da Educação (MEC), o foco e a dedicação nos estudos durante o curso e uma posterior pós-graduação, com especialização de qualidade em uma das muitas áreas de atuação de um engenheiro civil, são passos fundamentais para conquistar o sucesso na profissão.

E se você quer saber mais sobre as áreas de atuação, o atual mercado e como se destacar na carreira de engenheiro civil, então continue a sua leitura, pois abordaremos essas e outras questões neste artigo. Confira!

Quais são as possíveis áreas de atuação na carreira de engenheiro civil?

O setor de engenharia civil é bastante diversificado, e isso dá ao egresso do curso uma ampla gama de oportunidades, o que ajuda o engenheiro principiante a não ficar de fora do mercado de trabalho.

No entanto, a melhor forma de ficar à frente de seus concorrentes é investir em uma boa especialização, que amplie os seus conhecimentos e o capacite para os desafios atuais da profissão.

Mas, afinal, quais são as áreas em que um formando em engenharia civil poderá atuar? Para responder a essa pergunta, separamos, abaixo, algumas das principais ocupações para as quais o curso de engenharia civil qualifica seus alunos. Veja:

Construção civil

Nesse ramo, que é considerado um dos principais da carreira, o engenheiro civil será o responsável pelo projeto e pela execução das obras de construção e pela reforma de casas, prédios e edifícios para os mais variados fins.

Caberá a esse profissional, ainda, controlar a qualidade dos materiais, o cumprimento das exigências legais para a execução dos projetos e os processos construtivos a fim de otimizar os custos financeiros, ambientais e sociais das obras.

Geotecnia

Com conhecimento detalhado sobre a estrutura e composição dos diferentes tipos de terreno, o engenheiro geotécnico faz cálculos para medir o comportamento do solo em consequência às obras de infraestrutura.

A partir dessa análise mais aprofundada, é possível mensurar a segurança e a eficiência de escavações, das fundações de edifícios, da abertura de túneis, da estabilidade da pavimentação, entre outros.

Perícia

O profissional que optar pela área de Perícia em Engenharia trabalhará realizando perícias judiciais, avaliando construções, de acordo com padrões específicos, para emitir pareceres técnicos.

Nesse ramo, os engenheiros são bastante requisitados para realizar, por exemplo, avaliações imobiliárias, impactos de obras, conferência de irregularidades e de falhas nas construções.

Segurança do trabalho

Quem trabalha com engenharia de segurança do trabalho é responsável pela fiscalização de obras, de fábricas e de outros locais para garantir o cumprimento das normas de segurança do trabalho e ambiental.

Além disso, esse profissional deverá elaborar planos de prevenção de acidentes, de diminuição da emissão de poluentes, analisar a segurança das instalações e equipamentos e fornecer a correta orientação aos colaboradores com relação ao uso de equipamentos de proteção, garantindo sua segurança e integridade física.

Georreferenciamento rural

georreferenciamento de propriedades rurais é um campo de trabalho bastante amplo no Brasil, principalmente devido à grande área de produção rural e à intensa atividade agropecuária do país.

O trabalho do engenheiro especialista nesse segmento é a gestão e a emissão das documentações exigidas pelo INCRA (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária), a partir da mensuração, do dimensionamento e do mapeamento de propriedades rurais por meio de levantamento topográfico.

Saneamento básico

Nesse segmento, o engenheiro buscará a forma mais eficiente de implantar, para uma determinada localidade, o abastecimento de água, o sistema de esgoto, de escoamento de água pluvial e de controle do lixo urbano.

É uma área diretamente ligada ao setor público, e entre as funções desempenhadas por esse profissional estão: o planejamento do uso dos recursos hídricos, o licenciamento das obras e o controle de seu impacto ambiental e social, garantindo a saúde e a qualidade de vida da população.

Rodovias e transportes

O engenheiro especializado em rodovias e transportes estuda as necessidades e os impactos de sistemas de transporte e logística, visando, assim, projetar com eficiência traçados de estradas, rodovias e ferrovias, além de corredores de ônibus e transporte urbano sobre trilhos.

Com o fluxo de veículos individuais cada vez maior e a necessidade de elaborar estratégias para facilitar o trânsito nas cidades e rodovias, esse profissional tem um grande desafio pela frente, mas, também, uma área promissora de atuação que demandará cada vez mais engenheiros especializados.

Como escolher a área da engenharia civil que mais combina com você?

Com tantas áreas de atuação disponíveis, os profissionais de engenharia civil possuem uma extensa gama de possibilidades de trabalho à sua frente. Mas como saber qual dos segmentos disponíveis no mercado mais se enquadra ao seu perfil profissional?

A seguir, vamos dar algumas dicas simples que poderão ajudá-lo a fazer a sua escolha de uma forma mais prática e objetiva:

Avalie as suas características pessoais

Você se considera uma pessoa analítica ou prefere as atividades práticas? Escolhe fazer o seu trabalho sozinho ou gosta mais de lidar com outras pessoas e atuar em equipe?

Refletir sobre esses aspectos é essencial para identificar aquilo que mais nos agrada e, consequentemente, definir os campos de trabalho que podem corresponder a essas preferências.

Pense nas suas disciplinas preferidas

As matérias mais específicas do seu curso estão diretamente relacionadas aos segmentos da engenharia civil que você vai encontrar no mercado de trabalho.

Logo, identificar aquelas matérias com as quais você tem mais afinidade, certamente, poderá ajudar a descobrir em quais áreas de atuação você poderia se destacar.

Explore as suas habilidades

Procure conhecer as suas principais competências e descubra como elas podem destacá-lo profissionalmente.

Dessa forma, ficará mais fácil descobrir quais áreas da engenharia civil estão mais relacionadas ao seu perfil e buscar formas de aprimorar os seus talentos para se destacar nos segmentos que você escolheu.

Imagine onde gostaria de estar nos próximos anos

Esse é um exercício muito interessante e que pode revelar mais sobre suas preferências e projeções para o seu futuro pessoal e profissional.

Estipule um período de tempo — 3, 5 ou 10 anos — e pense no que gostaria de estar fazendo, onde pretende morar ou trabalhar e reflita sobre como as suas decisões atuais podem levá-lo a essas conquistas com sucesso.

Como você pode perceber, o autoconhecimento é, certamente, um dos fatores decisivos para ajudá-lo a fazer a escolha certa e que poderá garantir o seu sucesso profissional.

E para complementar essa equação, existem também outras atitudes que podem fazer toda a diferença na hora de se destacar no mercado e sair na frente na busca por uma boa colocação na sua carreira. Vamos falar um pouco mais sobre isso no próximo tópico.

Como se destacar no mercado de engenharia civil hoje?

Após uma década de aumento acelerado do número de vagas para engenheiros civis, o mercado atualmente está esfriando. Foram anos de aquecimento provocado por grandes obras e investimentos governamentais, além do aumento do número de financiamentos imobiliários e da produção agropecuária.

A grande demanda nesse período fez com que muitos jovens buscassem a faculdade de engenharia civil, mesmo não tendo a menor identificação com a área. Assim, com a diminuição da demanda no país, muitos profissionais migraram para setores totalmente diferentes do diploma obtido.

Afinal, por conta de sua formação generalista e bastante técnica, pessoas formadas em engenharia civil são requisitadas para áreas como administração, magistério em cursos técnicos, gerência de produção, logística, entre outras.

Isso não quer dizer que não haja vagas na área de engenharia civil para bons profissionais. No entanto, o mercado passa por um período de filtragem em que somente os mais capacitados terão chances de criar uma carreira sólida.

Mas o que fazer para ter sucesso nesse mercado tão competitivo? Veja, abaixo, algumas dicas que separamos para você já ir se preparando o quanto antes:

Escolha a faculdade certa

Escolher uma instituição de credibilidade, com reconhecimento na área e histórico de formação de bons profissionais são pontos-chave para garantir uma graduação mais completa e de qualidade.

É importante também que a grade do curso seja generalista, oferecendo conhecimentos gerais para a formação do engenheiro e que possua, ao mesmo tempo, o máximo de matérias específicas da área, equilibrando conhecimentos teóricos e práticos.

Busque se aprofundar na área

Tirar boas notas e se empenhar nos estudos com foco e dedicação são os primeiros passos para garantir bons resultados nas disciplinas da graduação, mas, para se destacar na carreira como engenheiro civil, é preciso ir ainda mais além.

Buscar atividades extras como workshops, seminários, cursos de extensão e outras iniciativas oferecidas pela própria faculdade, também são ótimas formas de obter um maior aprofundamento na área, além de contar pontos extras para o currículo.

Desenvolva boas habilidades profissionais

É importante, também, buscar cursos complementares para desenvolver outras habilidades valorizadas no mercado de trabalho, como liderança, criatividade, proatividade, trabalho em equipe e noções de administração.

Para isso, vale a pena investir no aprendizado de línguas estrangeiras, adquirir conhecimentos em informática, além de procurar cursos específicos de curta duração que complementem os conhecimentos adquiridos na graduação.

Tenha experiência prática

Busque, o mais cedo possível, por estágios variados. Além de ser uma oportunidade valiosa de entrar no mercado de trabalho e conhecer melhor o dia a dia da profissão que você escolheu, o tempo de experiência contará pontos positivos na hora de concorrer a uma vaga de emprego.

Somada a essas vantagens, a atuação em diferentes áreas da engenharia civil permitirá que você conheça melhor cada uma delas para, no futuro, escolher uma especialização que mais agrade.

Faça uma especialização

Não pare os estudos após o bacharelado. Mesmo com uma ampla variedade de áreas de atuação, a concorrência por vagas é grande, e profissionais especializados têm a preferência das empresas na hora da contratação.

Por isso, aproveite para sair na frente dos outros candidatos e aproveite o tempo da graduação para escolher com tranquilidade um curso de pós-graduação que atenda aos seus objetivos.

Participe de eventos relevantes para a sua carreira

Comparecer a feiras, congressos e palestras são ótimas oportunidades para conferir as novidades do mercado, saber mais sobre as empresas que se destacam em sua área de atuação e conhecer de perto profissionais renomados.

Por isso, vale a pena ficar de olho nos calendários de eventos para se preparar com antecedência e participar daqueles mais relacionados aos seus objetivos profissionais.

Amplie a sua rede de contatos

Investir no famoso networking e estabelecer boas conexões profissionais também é essencial para quem quer se destacar na carreira.

Além de contribuir com o seu crescimento profissional, se aproximar de outros profissionais que tenham interesses semelhantes para trocar experiências e conhecimentos ainda pode render indicações para futuras oportunidades de trabalho.

Mantenha-se bem informado

Saber o que acontece no país e no mundo e estar por dentro das notícias políticas e econômicas também pode fazer toda a diferença para a carreira.

Pois, assim, o futuro profissional poderá acompanhar as principais transformações do mercado e vai conseguir se preparar para as mudanças de um jeito mais fácil e com mais tranquilidade.

O mercado de engenharia civil é bastante amplo e diversificado, com diversas oportunidades de atuação. No entanto, a grande quantidade de profissionais graduados na área faz com que o mercado se torne altamente competitivo.

Por isso, quem está pensando em atuar no setor, independentemente do segmento escolhido, precisa se preparar, buscando uma formação superior de qualidade, atualização profissional constante e se especializando em uma das muitas áreas de atuação disponíveis para um engenheiro civil.

E aí, gostou deste artigo? Quer saber mais sobre a graduação, o mercado de trabalho e outras informações sobre a carreira de engenheiro civil, além de conferir ótimas dicas sobre o universo das profissões? Então não deixe de assinar a nossa newsletter e receba em primeira mão todas as novidades do nosso blog!

 

Você não tem nenhum conteúdo salvo.

Você gostou deste artigo? Aproveite a visita para assinar a nossa newsletter. Desse jeito você vai receber as nossas atualizações na sua caixa de entrada!

Sobre o autor

Faculdade de Rondônia

Faculdade de Rondônia

Share This
0