Direito

Direito Trabalhista e Previdenciário: área tem alta demanda por profissionais

clique na imagem para se inscrever

Clique na imagem para se inscrever!!

Já decidiu que a área de Direito é mesmo a melhor para você? Decisão acertada, pois a carreira de advogado é mesmo muito promissora. O que talvez você ainda não saiba é que existem certas vertentes do Direito que se encontram em alta demanda por profissionais qualificados.

Esse é o caso do Direito Trabalhista e Previdenciário, uma área bastante aquecida, devido ao contexto atual do país. Então, não perca tempo e comece logo um curso de especialização, após a graduação, para levar vantagem sobre a concorrência no mercado de trabalho.

Continue lendo o nosso artigo para se informar melhor e dar um passo rumo ao sucesso profissional.

O que é Direito Trabalhista e Previdenciário?

Primeiro, é importante saber exatamente no que consiste a sua futura profissão como advogado trabalhista e previdenciário.

Na área trabalhista, o advogado lida com as questões que envolvem as relações entre patrões e empregados. O seu trabalho será atuar em consultoria, na prevenção de conflitos ou como representante de uma das partes, em casos de processos na justiça por descumprimento das normas trabalhistas.

Um exemplo: se um empregado reclama em juízo que trabalhou além da jornada sem receber horas extras, haverá um advogado trabalhista atuando em sua defesa e outro profissional respondendo pela empresa acusada.

Já o Direito Previdenciário cuida das questões que envolvem pendências perante os órgãos de previdência social ou privada. Para que não fiquem dúvidas, lembre-se:

  • a previdência social é paga por todos os trabalhadores para ter direito à aposentadoria e outros benefícios do órgão público Instituto Nacional do Seguro Social (INSS);

  • a previdência privada ou complementar é opcional, individual, tem regras diferentes e é contratada junto às instituições financeiras.

Assim, o profissional especialista em Direito Previdenciário precisa conhecer profundamente tudo o que se refere à previdência, para atuar em defesa de seus clientes.

Por exemplo: se o INSS negar o pedido de aposentadoria do trabalhador, ele precisará contratar um bom profissional da área para analisar os motivos e defender os seus direitos.

Por que o Direito Trabalhista e Previdenciário está em alta?

Pelo que foi exposto até aqui, já é possível perceber que essa vertente do Direito é bastante dinâmica e envolve uma grande clientela em potencial. A legislação é complexa e sofre alterações frequentes. Trabalho é o que não vai faltar para o advogado.

A área trabalhista

O governo tem aprovado reformas na legislação, introduzindo importantes alterações na Consolidação das Leis de Trabalho (CLT), por exemplo:

  • possibilidade de terceirizar a atividade principal das empresas;

  • regulamentação do trabalho autônomo com exclusividade;

  • parcelamento das férias em três períodos;

  • oficialização do trabalho remoto (home office);

  • criação do contrato para jornada intermitente;

  • mudanças na relação de trabalho doméstico;

  • trabalho em ambiente insalubre para gestantes e lactantes;

  • fim da contribuição sindical obrigatória, o que limita a atuação dos sindicatos etc.

Essas e outras mudanças abrem portas para questionamentos judiciais tanto por empregados quanto por empregadores. Em situações de conflito, o papel de um profissional de Direito bem qualificado será de fundamental importância.

A área previdenciária

Assim como a reforma trabalhista, a Previdência também é alvo de polêmicas e de muita discussão no Congresso. As alterações na legislação previdenciária são tidas como fundamentais para a sobrevivência do INSS, órgão que já vem apresentando déficit há muito tempo. Segundo o governo, se não houver reformas, o sistema poderá entrar em colapso.

A situação é delicada, principalmente levando-se em conta que a população brasileira está envelhecendo e cada vez mais pessoas vão precisar dos benefícios do INSS nos próximos anos.

Entre as alterações discutidas, está o aumento da idade mínima e do tempo de contribuição para requerer aposentadoria. As regras referentes aos direitos de servidores públicos também estão sendo revistas.

Se a reforma da previdência for aprovada, pode-se esperar um aumento considerável de demandas judiciais, o que significa mais trabalho para o advogado especialista na área.

Por que seguir essa vertente?

Já deu para concluir que o panorama é bastante positivo para os profissionais da área trabalhista e previdenciária, não é mesmo?

Só para não restar dúvidas, é bom observar também que:

1. uma pós-graduação nessa área não exige graduação específica em Direito. O curso é aberto para graduados em outros cursos e profissionais da área. Então, mesmo que você não tenha se formado em Direito, nada impede que se especialize na área trabalhista e previdenciária;

2. como especialista, você terá novas possibilidades de trabalho além da atuação em processos judiciais. A assessoria preventiva, por exemplo, está em alta demanda, pois tanto empregados quanto empregadores precisam conhecer os seus novos direitos e deveres depois das reformas, para estarem sempre dentro da lei;

3. quanto mais impactantes forem as reformas trabalhista e previdenciária, mais dúvidas e conflitos vão surgir, gerando mais causas na Justiça e abrindo mais campo de trabalho para o advogado. E como o cenário atual do país aponta para mais reformas, é bom sair na frente e já se preparar bem, pois a demanda por pareceres, consultorias e planejamentos previdenciários também vai aumentar depois das alterações na lei;

4. o profissional atuante nessa área não precisará investir em escritórios luxuosos e caros, uma vez que grande parte de sua clientela será composta por trabalhadores e pessoas mais humildes. Você não vai receber magnatas do petróleo, por exemplo. Então, manter uma estrutura enxuta é aconselhável, uma vez que os seus clientes podem se sentir intimidados em um ambiente de luxo e ter a impressão de que não poderão pagar os seus honorários;

5. você terá uma rotatividade de clientes mais dinâmica. Uma atuação bem-sucedida do advogado vai resultar em comentários positivos do cliente, que certamente vai recomendar os seus serviços para parentes e amigos. Assim, a sua clientela se renova e aumenta.

Então, como você viu depois de ler o nosso artigo, a área de Direito Trabalhista e Previdenciário está em alta. A busca por bons profissionais só tende a aumentar, com a possibilidade de novas reformas.

Se o Direito é mesmo o que você quer, procure um bom curso de pós-graduação depois de se formar e agarre a chance de iniciar uma carreira de sucesso.

Foi bom saber disso, não foi? Então, assine a nossa newsletter, pois sempre teremos informações úteis e orientações importantes para o seu sucesso estudantil e profissional.

Você não tem nenhum conteúdo salvo.

Você gostou deste artigo? Aproveite a visita para assinar a nossa newsletter. Desse jeito você vai receber as nossas atualizações na sua caixa de entrada!

Sobre o autor

Faculdade de Rondônia

Faculdade de Rondônia

Share This
0