Estudos

Dia da prova do Enem: o que você pode e não pode levar

clique na imagem para se inscrever

Clique na imagem para se inscrever!!

As inscrições para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2018 já se encerraram. Agora é o momento de começar a se preparar para o que vai acontecer no dia da prova.

Para ajudá-lo nessa tarefa, preparamos este post com dicas sobre o que se deve, o que pode e o que é proibido levar para a prova. Assim, você já começa a montar seu checklist para não ser pego de surpresa às vésperas do exame. Boa leitura!

O que esperar do Enem 2018?

Em 2017, o Governo Federal implementou uma série de mudanças no Enem que continuam valendo para este ano. Por isso, é bom ficar ligado para não passar aperto, nem pegar notícias na internet de edições anteriores a 2016 e acabar perdendo tempo, se preparando da forma errada.

Datas das provas

Tal como aconteceu na edição de 2017, as provas do Enem serão aplicadas em 2 domingos seguidos, dias 4 e 11 de novembro, e não mais em um único fim de semana.

Essa alteração é superpositiva para quem está participando dessa maratona! Afinal, é sempre bem-vindo um descanso entre uma prova de 90 questões (mais uma redação) e a seguinte, com outras 90 perguntas.

Conteúdos reorganizados

A ordem dos conteúdos também mudou. Agora eles estão organizados por afinidade. Assim, dia 4 serão aplicadas as provas de:

  • Linguagens, Códigos e suas Tecnologias;

  • Redação;

  • Ciências Humanas e suas Tecnologias.

11 de novembro será a vez de:

  • Matemática e suas Tecnologias;

  • Ciências da Natureza e suas Tecnologias.

Você tem 5h30 para fazer a primeira etapa da avaliação e 1 hora a menos, 4h30, para realizar a segunda parte. A prova começa às 13h30, no horário de Brasília. Por isso, se você mora em outra região do país que tenha fuso horário diferente, fique bem atento!

Identificação impressa

Outra alteração feita para 2017 e que continua valendo em 2018 é o fato de não ser mais necessário identificar o caderno de questões manualmente. Tanto os cartões-resposta quanto as provas são entregues com seu nome e número de inscrição impressos. O objetivo do Governo Federal é reforçar a segurança e evitar fraudes.

Fim da certificação de conclusão do Ensino Médio

Por fim, um ponto muito importante que pode comprometer sua entrada no Ensino Superior: o Enem não pode mais ser usado para certificação de conclusão do Ensino Médio.

Antes, era possível marcar essa opção e, obtendo a pontuação mínima, bastava retirar seu certificado em uma secretaria de educação. Agora, é preciso fazer outra avaliação — o Exame Nacional de Certificação de Jovens e Adultos (Encceja). Ele está disponível em todo Brasil e é gratuito.

Agora que você já tem as informações básicas sobre a prova, confira o que levar e o que é melhor deixar em casa no dia da prova.

O que levar no dia da prova?

Nessa lista de itens, existem as coisas que você pode levar e as que não pode esquecer de jeito nenhum! Nessa última categoria estão documento original com foto e caneta preta de tubo transparente. Vamos falar um pouco melhor sobre cada um deles e dar sugestões do que é permitido levar, para ajudá-lo a fazer uma prova com maior tranquilidade.

Documento original com foto na validade

Nesse quesito valem as originais (fotocópias, mesmo que autenticadas não têm sido aceitas) dos documentos abaixo:

  • carteira de identidade;

  • identificação funcional ou de conselhos de classe (aquelas que substituem o RG, como a Carteira Militar, da OAB ou da FENAJ);

  • Carteira de Trabalho;

  • Certificado de Reservista ou de dispensa de incorporação;

  • Carteira de Habilitação;

  • Passaporte.

É importante checar também a validade antes de separar seu documento. Carteiras de Habilitação e Passaportes precisam ser renovados a cada 5 anos. Já o RG só tem validade predeterminada, 10 anos, para viagens internacionais.

Não é o caso aqui, mas o fiscal de prova pode não aceitar sua identidade se o seu estado de conservação impedir a conferência dos dados ou se a foto estiver muito diferente (se você fez sua carteira quando era criança, por exemplo). Carteira de Trabalho não possui vencimento determinado.

Caso você tenha sido roubado em até 90 dias antes da prova, pode apresentar o boletim de ocorrência.

Caneta preta de tubo transparente

Pode parecer uma coisa muito simples, mas é sério: a caneta tem que ser preta e de tubo transparente! Se você chegar à sala com uma esferográfica de qualquer outra cor ou opaca, vai ser impedido de participar do Enem.

Essa precaução é necessária porque o leitor óptico, que contabiliza os acertos, só identifica a cor preta. Leve mais de uma caneta e teste todas antes do dia.

Cartão de confirmação impresso

Outro item que não é mais obrigatório, mas vale a pena levar, é o cartão de confirmação. Desde a última edição, ele não é mais enviado pelos Correios, mas é possível imprimi-lo por meio do site. Nele, estão todas as informações sobre a inscrição, como o endereço exato do local e a sala de prova, a opção de língua estrangeira etc.

Lanche

É importante ressaltar que, se for levar frutas ou um sanduíche feito em casa num recipiente, ele precisa ser transparente. Também são permitidos alimentos industrializados, desde que estejam lacrados.

Vale a pena levar, sim, um biscoito salgado, uma fruta ou uma barra de cereal! Até porque você vai ficar em uma sala durante mais de quatro ou cinco horas.

Também é bom ter algumas balas no bolso, pois o nervosismo pode fazer sua glicose cair. Nessas horas, se sentir uma leve tonteira, um pouquinho de açúcar vai bem. Mas não exagere, ou pode sentir sonolência. Se tiver pressão baixa, coma algo salgado depois de 3 horas de avaliação.

Os locais de prova do Enem oferecem bebedouros (e essa é uma oportunidade para dar uma esticada nas pernas), mas, se preferir, você pode levar uma garrafinha de água mineral ou um isotônico.

O que não levar para o local de prova?

Alguns itens são terminantemente proibidos no ambiente de prova e podem, inclusive, desclassificar o candidato. São eles:

  • óculos escuros;

  • boné;

  • chapéu;

  • gorro;

  • qualquer aparelho eletrônico;

  • relógio;

  • fone de ouvido;

  • lápis;

  • lapiseira;

  • borracha;

  • livros;

  • material de anotação.

O ideal é não levar nenhum desses objetos para o Enem, mas, se não tiver jeito mesmo, o fiscal vai fornecer um porta-objetos com lacre que deve ficar embaixo da cadeira.

Antes de vedar o pacote, certifique-se de desligar e retirar a bateria do seu celular, impedindo que ele emita qualquer tipo de som. Parece óbvio, mas não custa lembrar: nada de tirar selfies no local de prova. Isso pode desclassificá-lo!

Agora que você já tem todas essas informações, organize-se com antecedência! Faça uma lista do que precisa e do que pretende levar. É imprescindível ter tudo certinho para não jogar fora todo o esforço feito durante o ano por causa de um item deixado para trás.

No Enem, contar com a compreensão do fiscal não é uma opção! Regras são regras. Abrir uma exceção para um é desrespeitar todos os outros que se esforçaram para fazer a coisa certa.

Não deixe que seus amigos também deem bobeira no dia da prova! Aproveite para compartilhar este post nas redes sociais e avisá-los!

 

Sobre o autor

Faculdade de Rondônia

Share This