Estudos

Conheça 7 dicas para se planejar e pagar a faculdade em dia

Fazer um curso superior é importante para a carreira, mas para não ter problemas com os estudos é fundamental pagar a faculdade em dia. Isso exige um bom planejamento financeiro, principalmente porque é comum ter que lidar com diversos gastos nessa época.

Mas você sabe como se organizar para isso? Essa não é uma tarefa muito simples, por isso, separamos 7 dicas incríveis para você se planejar da melhor forma para que o pagamento da mensalidade da faculdade não atrase. Confira!

1. Crie uma reserva financeira

Essa é uma dica de ouro para todas as fases da vida: organize-se para criar uma reserva financeira, ou seja, tenha sempre um valor guardado para emergências — preferencialmente em uma conta poupança específica, para você aproveitar os rendimentos.

Existem diversas situações que podem gerar gastos inesperados que complicam o seu orçamento, fazendo com que você não consiga pagar a faculdade em dia. Por outro lado, se você contar com uma reserva, ficará mais fácil lidar com o problema sem prejudicar as suas finanças.

Contudo, é importante ter cautela com esse dinheiro: ele só deve ser usado em situações específicas, se for realmente necessário. Por isso, nada de contar com a reserva financeira para fazer uma viagem ou comprar a entrada do próximo festival de música, combinado?

2. Tenha metas mensais de economia

Já que falamos sobre a criação de uma reserva financeira, é preciso explicar como economizar dinheiro para conseguir juntar um bom valor para emergências. O ideal é determinar uma quantia mensal que deve ser guardada: uma porcentagem do seu salário ou um valor fixo.

Todos os meses, ao receber o seu dinheiro, você deve descontar o valor “reservado” e já depositar na conta específica. Com essa separação, você deixará de contar com isso no seu orçamento mensal e vai evitar gastos desnecessários.

Acompanhe todos os meses se você está cumprindo a meta. Caso tenha dificuldades em um mês, tente compensar nos seguintes, aumentando os valores guardados e buscando formas de reduzir seus gastos.

3. Avalie os gastos do dia a dia

Manter todas as contas em dia e ainda conseguir economizar pode ser bem complicado. Para ajudar, é importante avaliar todos os gastos do dia a dia para encontrar itens em que é possível economizar.

Verifique quais são as suas despesas e identifique aquelas que não são essenciais, como saídas para se divertir e alguns itens de vestuário ou alimentação, e fuja das compras por impulso. Mesmo uma oferta “imperdível” pode prejudicar o seu orçamento, por isso, antes de fazer qualquer compra, tire um tempo para avaliar se o produto ou serviço é realmente necessário.

Esse é um cuidado fundamental para quem quer ter segurança financeira. Além disso, reduzindo os gastos, você terá mais controle sobre as suas finanças e conseguirá pagar a faculdade em dia.

4. Concilie trabalho e estudo

Estudar exige muito tempo, mas para pagar a faculdade em dia também é importante encontrar uma forma de conciliar o trabalho com estudos. Mesmo para quem pode trabalhar somente meio período, existem vagas de emprego com jornadas mais flexíveis.

Outra ótima opção é fazer um estágio remunerado. Ele tem regras bastante favoráveis aos estudantes, como jornada reduzida em época de prova e a garantia de 30 dias de férias, facilitando a organização.

Nesse caso, além de ter uma renda para auxiliar com as mensalidades, você também vai ganhar experiência e saber mais sobre a prática do seu curso, fatores que vão ajudar na definição da sua carreira.

Caso você não possa se comprometer com um emprego formal ou um estágio, existem outras opções como o trabalho temporário ou freelancer, que não exigem um comprometimento tão grande e permitem a conciliação com os estudos.

5. Procure financiamentos e bolsas

Se você está com dificuldades para arcar com as mensalidades, busque alternativas como financiamentos estudantis e bolsas de estudo. Os programas do Governo, como o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) e o Programa Universidade para Todos (Prouni) são boas opções.

Os bancos e instituições financeiras também possuem linhas de crédito especiais para estudantes, oferecendo opções com taxas de juros mais acessíveis. Mas antes de fazer um financiamento estudantil, pesquise todas as condições, analise as cobranças e, se tiver dúvidas, procure auxílio profissional para ter mais segurança.

Você também pode ver se a faculdade tem algum programa de bolsa de estudos ou financiamento próprio para os alunos. Como cada instituição tem regras próprias, procure a secretaria para se informar sobre o assunto.

6. Faça um controle financeiro

Fazer um controle financeiro é importante para que você compreenda em que está gastando e consiga visualizar a melhor forma de se planejar para pagar a faculdade em dia.

Você pode usar uma planilha (existem alguns modelos prontos na internet) ou aplicativos específicos para isso, que permitem registrar todos os ganhos e despesas por categoria. Com essas informações, você pode estabelecer metas de gastos para cada item, pois isso vai ajudar você a se manter no orçamento.

Além disso, esse controle também ajudará a colocar em prática algumas das outras dicas: com uma planilha demonstrando todos as suas despesas, você vai identificar quanto é possível economizar por mês, quais gastos podem ser cortados e controlar melhor a forma de investir o seu salário.

7. Mantenha contato com a faculdade

Mesmo com todo o planejamento, imprevistos podem acontecer, não é mesmo? Nessas situações, caso você não consiga pagar a faculdade em dia, existem alguns cuidados que você deve ter para resolver a situação da melhor forma e manter um bom relacionamento com a instituição.

Primeiro, mantenha o contato com a faculdade e, em caso de atraso, procure a secretaria para ver o que pode ser feito para regularizar a situação. O parcelamento da mensalidade pendente ou um desconto no valor da multa e dos juros são algumas possibilidades.

O importante é que você demonstre a consciência sobre a sua situação e a vontade de encontrar uma solução. Lembre-se que a faculdade tem interesse em receber os valores em aberto, o que facilita a comunicação.

Pronto! Seguindo essas dicas, ficará bem mais fácil se planejar para sempre pagar a faculdade em dia e, em caso de imprevistos, você também já sabe como lidar com a situação da melhor forma.

Se você curtiu o nosso post e quer ficar por dentro de outros conteúdos como este, não deixe de assinar a nossa newsletter. Assim você receberá nossas atualizações por e-mail!

 

Deixar comentário.

Share This
0