Carreiras

Confira as dicas de como deixar o perfil de estudante mais atrativo no LinkedIn

 

Numa época em que a Internet está cada vez mais presente na vida das pessoas, o perfil no LinkedIn para estudantes tem grande importância para quem quer crescer na carreira. Tal espaço pode ir muito além do que um simples currículo e se tornar uma vitrine para que o jovem possa se apresentar para o mercado de trabalho e, com isso, conquistar excelentes oportunidades de emprego.

Hoje em dia, cada vez mais recrutadores utilizam o LinkedIn como fonte de informação para selecionar candidatos a vagas. Por esse motivo, manter um perfil atualizado e com muitos dados ajuda você a se destacar entre os colegas de profissão.

Confira, a seguir, por que o perfil no LinkedIn para estudantes é uma boa alternativa!

Atualize as informações do perfil

O LinkedIn é uma rede social profissional que tem mais de 30 milhões de inscritos no Brasil e mais de 500 milhões em todo o mundo. Diante dessa imensidão de gente, saber se posicionar como um profissional de alto valor é uma tarefa que requer dedicação.

Em primeiro lugar, você deve manter o seu perfil sempre atualizado, por exemplo, com informações sobre a sua vida acadêmica e eventuais experiências profissionais. Reserve um tempo para apenas preencher os campos da rede social. Com isso, você evita deixar o seu perfil superficial.

Há pessoas, por exemplo, que criam um perfil e, simplesmente, nunca mais voltam à rede social para atualizar as informações. Assim, é possível até perder oportunidades de estágio, principalmente, se a fase do curso escrita na rede social não for a que o aluno estiver na atualidade. Afinal, o recrutador não vai perguntar para cada candidato se o dado que está na rede social é o mais recente ou não.

Insira todos os dados necessários e separe um tempo para isso

Quanto mais informações você preencher no seu perfil, maior é a chance de você se mostrar como profissional de qualidade para o mercado de trabalho. Assim, tenha em mente que os dados preenchidos corretamente podem funcionar como uma importante estratégia de marketing pessoal para alavancar a sua carreira.

E como fazer isso? Por exemplo, você pode ver antes quais são as informações requisitadas pelo LinkedIn, depois analisar quais delas você tem condições de responder e, por fim, reunir os dados necessários para preencher os campos.

Cuide bastante quanto à forma de apresentação das informações, principalmente, no que diz respeito à Língua Portuguesa. Afinal, erros ortográficos ou de regência e concordância podem passar uma imagem de descuido ou falta de preparo do estudante. Se você sente que precisa melhorar nesse quesito, pode ser útil aprender um pouco mais sobre dicas de português na internet, ou então, pedir para que um colega mais antenado no idioma revise o seu perfil.

Além do cuidado com os dados, é muito importante escolher bem a foto que será utilizada no seu perfil. Em geral, ela deve transmitir credibilidade e confiança, por isso, preste atenção a aspectos como roupa, corte de cabelo, luminosidade etc.

Solicite recomendações dos professores

Um dos grandes desafios para um acadêmico que quer ter um perfil de sucesso no LinkedIn é justamente a falta de experiência profissional, afinal, ele ainda está em início de carreira. Ainda assim, existem maneiras para contornar esse empecilho. Uma delas é pedir recomendações dos professores.

Tome cuidado, porém, para não “banalizar” essa solicitação. De preferência, peça um comentário positivo de docentes em cujas disciplinas você realmente tem um desempenho satisfatório. Com isso, você não só evita constrangimentos por parte dos educadores como também aumenta a probabilidade de receber um elogio sincero, que de fato vai contribuir para melhorar a qualidade do seu perfil.

Além disso, sempre é bom realizar a política da “boa vizinhança”, quer dizer, se você recebeu uma recomendação de um professor, também pode tomar a mesma atitude quanto a ele, com isso, estimula-se uma relação “ganha-ganha”, em que ambos são favorecidos.

Destaque diferenciais competitivos

O fato de você ainda não ter dados referentes à experiência profissional não pode, obrigatoriamente, diminuir a importância do perfil no LinkedIn para estudantes. Como assim, você pode estar se perguntando, não é mesmo?

Na verdade, o LinkedIn é um espaço virtual em que as pessoas podem postar informações que vão muito além de somente experiências de emprego. No seu caso, como estudante de graduação, é possível publicar dados referentes a bolsas, estágios profissionais, trabalhos de pesquisa, seminários etc.

Além disso, o aluno pode destacar a participação em cursos em geral, como os relacionados à profissão, ou mesmo, os de aprendizado de um novo idioma. A realização de eventuais trabalhos voluntários ou a participação em causas sociais também contribui para melhorar a qualidade das informações do seu perfil.

A vantagem dessas possibilidades é que, com elas, você pode ter um ganho significativo de dados nesse seu “currículo virtual”. A propósito, o seu interesse em participar de eventos ligados à sua profissão demonstra para possíveis recrutadores que você é uma pessoa que sempre busca aprender e se atualizar.

Lembre-se de que a vivência em uma faculdade oferece uma série de oportunidades de crescimento profissional, como as atividades extracurriculares e os projetos de extensão, que podem gerar mais dados para o preenchimento do seu perfil.

Como você pode perceber, participar de uma rede social profissional é uma forma de se aproximar do mercado de trabalho e, com isso, potencializar o seu início de carreira. Ao entrar em contato com colegas e professores, você não só cria uma rede de contatos, como também pode aproveitar as interações para o aprendizado e para a melhoria dos relacionamentos interpessoais.

Portanto, não deixe de utilizar essa importante ferramenta para a divulgação do seu currículo, mesmo que ainda esteja na faculdade. Quanto antes você começar a pensar no futuro da sua carreira, maiores são as chances de você se destacar em relação à maioria e, com isso, atrair mais oportunidades de crescimento profissional.

Gostou dessas dicas? Que tal receber mais conteúdos como este e assim turbinar a sua carreira? Aproveite para curtir a nossa página no Facebook e fique por dentro das próximas novidades!

 

Deixar comentário.

Share This
0