Carreiras

Cargos de liderança: o que é avaliado na escolha do colaborador?

clique na imagem para se inscrever

Clique na imagem para se inscrever!!

As empresas precisam de funcionários que saibam conduzir ações e influenciar os demais colaboradores a executar as tarefas com eficiência e agilidade. Por isso, o processo seletivo para cargos de liderança é fundamental para o sucesso de uma organização.

Se a escolha de um líder for equivocada, o risco de a companhia não atingir os resultados esperados será muito grande. Esse aspecto faz com que uma empresa precise avaliar uma série de características dos que mostram potencial para chegar a uma função de liderança.

Neste post, vamos destacar vários fatores que vão ajudá-lo a ser um líder e a ter um maior reconhecimento na carreira. Confira!

Tenha proatividade

Um líder jamais deve ter medo de tomar decisões. As organizações querem gestores que tenham ideias e ações para não apenas resolver problemas pontuais, mas também adotar atividades com foco na inovação.

Antever as demandas e as preferências do público-alvo é um dos grandes diferenciais dos líderes. Isso somente fica evidente para os demais funcionários caso o líder mostre ser um empreendedor no ambiente de trabalho.

Ficar apenas no campo das ideias não leva nenhum profissional ao sucesso, porque é importante ter iniciativa para colocar as ações em prática, engajando todos os membros de uma equipe.

Use a habilidade de negociação para alcançar cargos de liderança

O conflito é uma situação comum no mundo corporativo. É saudável que os funcionários possam expor as suas opiniões, desde que todos sejam devidamente respeitados. Ao apresentar um ponto de vista e convencer os colaboradores a seguir um caminho sugerido, um empregado mostra que tem condições de ser um líder.

Para ser um bom negociador, o primeiro passo é se expressar com clareza. Você pode ter uma excelente ideia, mas, se ela não for compreensível para as demais pessoas, vai ficar apenas na teoria.

A boa comunicação é uma maneira de conquistar os colegas de trabalho. Por isso, pense bastante antes de formular uma ideia para solucionar um conflito. Saber ouvir também é imprescindível para um líder negociar com inteligência.

Somente compreendendo e respeitando a opinião da outra parte é viável formular uma proposta que resolva o conflito e satisfaça as partes envolvidas. Ter controle emocional e paciência são fatores primordiais para chegar a um acordo que contribua para a melhoria do ambiente de trabalho, o que impacta positivamente na qualidade dos serviços.

Procure ter capacidade de adaptação

O alto nível de exigência dos clientes, a concorrência e o avanço tecnológico fazem com que as empresas passem por mudanças na execução das atividades de forma cada vez mais intensa e veloz. Ou seja, a capacidade de se adaptar a vários cenários é um aspecto bastante valorizado.

Quando um funcionário apresenta como característica a facilidade de se inserir em novos ambientes, mostra que tem flexibilidade e foco no aprimoramento constante — características vitais para assumir cargos de liderança.

Para ter sucesso no mercado de trabalho, é fundamental entender que as organizações precisam de colaboradores que priorizem a inovação e a adaptação a diferentes circunstâncias. Se um empregado contribui para o processo de mudança em uma equipe e tem bons resultados, é um indicador de que tem condições de ser um líder.

Não precisa ser um gestor para motivar os colegas de trabalho a entender que modificações são necessárias para a empresa evoluir. O mais importante é estar envolvido com os objetivos da corporação e convencer a equipe a ser mais dinâmica e eficiente.

Invista no aprimoramento pessoal e profissional

Para se adaptar a vários cenários nos aspectos pessoal e profissional, a recomendação é ter foco na evolução contínua. Ou seja, investir em ser um ser humano melhor e um colaborador mais produtivo e participante no cotidiano da corporação.

Isso apenas será alcançado com o autoconhecimento, que consiste na capacidade de uma pessoa avaliar os pontos positivos e os aspectos que podem ser aperfeiçoados. À medida que você percebe que há fatores a serem trabalhados para conviver melhor com as pessoas e a ser mais eficiente no trabalho, maiores são as possibilidades de obter bons resultados.

Procure ouvir mais as pessoas e invista em treinamentos para se qualificar profissionalmente. Com certeza, a acomodação é um dos piores erros que um profissional pode cometer. Achar que nada pode ser feito para melhorar é sinal de arrogância, uma das posturas mais negativas para os que ocupam cargos de liderança ou desejam alcançar uma posição de prestígio em uma empresa.

Tenha capacidade de reconhecer os próprios erros

Uma prova de que estamos buscando melhorar a cada dia é ter humildade de reconhecer os próprios erros. As falhas fazem parte da vida pessoal e estão presentes no ambiente de trabalho. Compreender que elas são relevantes para a nossa evolução é uma excelente medida para mudar a postura e minimizar os equívocos.

Quem ocupa uma posição de liderança precisa ter bom senso para reconhecer que nem sempre toma as melhores decisões. Por isso, analise os fatores que foram responsáveis pelo erro e adote as ações ideais para corrigi-lo ou minimizá-lo.

Persistir no equívoco não tem o menor sentido em termos pessoais e profissionais. A teimosia e a falta de flexibilidade são posturas inadmissíveis no mundo corporativo. Se deseja conquistar a confiança dos colegas de trabalho, seja humilde e esteja sempre disposto a aprender.

Reconheça o valor da resiliência

Ao admitir os próprios erros, você está sendo resiliente. Isso significa que está mais aberto a se adaptar a diferentes circunstâncias e a ter uma postura mais adequada ao contexto atual.

Esse comportamento contribui para ser mais flexível, o que ajuda a enfrentar momentos de pressão no trabalho e a resolver os problemas de maneira mais simples ou rápida.

Apenas os que adotam a resiliência podem fazer isso, porque compreendem que as mudanças são comuns na vida pessoal e profissional.

Você percebeu que ser um líder exige muitas habilidades, além de um grande conhecimento técnico. Não basta apenas ser um funcionário competente, pois também é crucial motivar os colegas de trabalho e convencê-los de que está no caminho certo.

Se você quer mais dicas sobre como agir para alcançar cargos de liderança, assine agora mesmo a nossa newsletter. Afinal, o conhecimento é essencial para a nossa evolução!

 

Sobre o autor

Faculdade de Rondônia

Share This