Estudos

Aprenda a montar um cronograma de estudos incrível

clique na imagem para se inscrever

Clique na imagem para se inscrever!!

Quando chega o último ano do ensino médio, parece impossível dar conta de todas as atividades, não é mesmo? A carga de matérias dadas na escola parece que aumenta; os conteúdos solicitados pelos vestibulares variam um pouco, como as leituras obrigatórias; e, para aqueles que fazem cursinho, ainda é preciso encaixar essas aulas na rotina.

Isso tudo sem contar a dificuldade de encontrar um tempo livre para descansar ou, até mesmo, passar um tempo com os amigos e a família. Perdeu até o fôlego só de ler, certo? Tem certeza de que está fazendo tudo certo?

Pois saiba que a sua vida não precisa ser assim. Certamente, pelo que podemos perceber, está faltando organizar todas as suas demandas diárias, de modo que você tenha hierarquizado o que precisa fazer e quando deve realizar cada atividade.

Foi pensando nisso que produzimos este post! Nele, vamos compartilhar algumas dicas de como montar um cronograma de estudos infalível, que vai ajudá-lo a se planejar melhor na forma como vai organizar todas as tarefas que você deve cumprir para alcançar o maior objetivo do seu ano: passar no vestibular!

Pense em como é o seu dia a dia atualmente antes de montar um cronograma de estudos

Antes de estabelecer qualquer tipo de planejamento, é preciso parar e pensar em como é a sua rotina atual. Considere todas as suas atividades obrigatórias, como aula, cursinho, atividades físicas e cursos de idiomas, por exemplo.

Agora, liste todas as obrigações que precisa adicionar ao seu cronograma, como momentos de estudos complementares, períodos de descanso (sim, é preciso ter momentos de pausa), hora de dormir etc.

Após essa etapa, em que descobrimos tudo o que deve ser feito ao longo da semana, podemos passar para o próximo passo.

Crie o hábito de planejar a sua rotina

Não é tão simples planejar a rotina e torná-la organizada de um dia para o outro. É preciso tornar isso um hábito, de modo que se transforme em algo natural e comum em seu dia a dia.

Você pode começar aos poucos, anotando todas as demandas que vai ter ao longo da semana. Assim, terá uma visualização melhor do que deve fazer. E não adianta só anotar, é preciso conferir diariamente as atividades.

Ao longo do tempo, você pode ir aumentando, e se planejando quinzenalmente ou mensalmente.

Seja organizado

É imprescindível ser organizado para ser capaz de planejar a sua rotina, do contrário, vai ser impossível criar um cronograma de estudos. Desse modo, é ideal que você tenha uma pasta com todos os materiais que serão necessários e que se policie para não deixar tudo espalhado pela casa ou na própria mochila.

Ter uma agenda, física ou digital, também vai ser muito útil para tornar o seu cronograma viável.

Defina o horário de cada atividade

Que tal criar um calendário de atividades? Pegue uma folha de papel e a divida entre os dias da semana. Além disso, adicione a essa folha os seus horários — você pode dividir um espaço a cada uma hora.

Primeiramente, você vai preencher essa folha com todas as suas atividades obrigatórias. Nos espaços que sobrarem, o ideal é colocar as outras tarefas que já indicamos, como estudos, pausas, leitura de livros ou outro hobby.

O ideal é que esta folha fique acessível em seu canto de estudo, de modo que você possa conferir qual é a próxima atividade. Quer automatizar ainda mais o seu cronograma? Coloque o seu celular para despertar e avisar quando vai ser a sua próxima obrigação.

Essa folha de atividades pode ser um complemento para a sua agenda, onde você desenvolverá melhor o que vai ser feito.

Estabeleça graus de prioridade

Nos momentos do dia separados para estudo, procure estabelecer graus de prioridade. Você pode contemplar todos os dias matérias que tem pouca, média ou muita dificuldade. Uma dica é mesclar o seu cronograma de estudos com as matérias em sala de aula.

Se você teve geografia, matemática e biologia na segunda de manhã, pode separar um tempo para se dedicar ao estudo dessas disciplinas durante a tarde — e, assim, dividi-las em graus de dificuldade. Desse modo, você saberá a quais temas precisa se dedicar mais para correr atrás do prejuízo.

Escolha um local confortável e silencioso para estudar

Para que o seu cronograma de estudos funcione, é preciso contar com um ambiente propício para o aprendizado. Não adianta nada ficar em um local no qual você não se sinta confortável, tenha interrupções a todo momento ou que seja barulhento.

Uma possibilidade é conversar com a sua família e explicar que, nesse momento, é preciso que você se dedique aos estudos para realizar o seu sonho de passar no vestibular. Se a sua casa for sempre movimentada, uma alternativa é estudar na biblioteca da escola ou em alguma pública da sua cidade.

O ideal é que você pelo menos conte com um local com ergonomia adequada e que seja silencioso. Caso não seja uma opção estudar fora de casa, tente escutar música instrumental para abafar os ruídos externos do seu lar.

Selecione diferentes métodos de estudo

Em seu cronograma, você pode adicionar a possibilidade de contemplar diferentes métodos de estudo, como revisar conteúdos, fazer resumos, ver vídeos sobre o tema, realizar exercícios, criar mapas mentais ou flashcards.

Essa variação de métodos vai ser muito interessante para ajudá-lo a tornar a rotina de estudos menos maçante e repetitiva. O que, consequentemente, vai torná-lo mais motivado para continuar empenhado em seu objetivo.

Separe horários de pausa e descanso

Separar momentos de pausa e descanso é muito importante para garantir a sua saúde mental. Ficar horas direto estudando, apesar de parecer muito produtivo, vai deixá-lo apenas mais cansado e esgotado.

Portanto, invista em atividades que o relaxem, como ver um filme, dar um cochilo ou, até mesmo, meditar. Os horários de pausa são importantes para que o seu cérebro também descanse e seja capaz de assimilar todos os conteúdos que estão “entrando” nele.

Agora que você já conferiu algumas dicas de como montar um cronograma de estudos, viu que não é tão difícil quanto parecia, não é mesmo? Que tal ler mais um post que produzimos especialmente para você e aprender algumas formas de estudar sozinho para o vestibular? Temos certeza de que este texto vai ser muito interessante para o momento que está passando!

Sobre o autor

Faculdade de Rondônia

Share This