Engenharia Civil

Afinal, como saber se eu tenho perfil para ser engenheiro?

A engenharia é uma das áreas que mais despertam o interesse dos estudantes. Uma das razões é que os trabalhadores do setor recebem uma elevada remuneração caso apresentem um bom desempenho na carreira. Contudo, isso apenas se concretiza naqueles que apresentam perfil profissional para ser engenheiro.

Ou seja, é fundamental reunir as condições necessárias para atuar em uma ou mais áreas da engenharia que abrangem a construção civil, a produção industrial e o desenvolvimento de sistemas e hardwares. Os engenheiros também podem atuar nos setores automobilístico e de meio ambiente.

Os cursos superiores de engenharia têm uma duração de 4 a 6 anos. Neste post, destacaremos algumas características valiosas para alcançar um lugar de prestígio no mercado de trabalho. Confira!

Ter foco nos estudos

Em um cenário de elevada competição na busca por um emprego, é imprescindível ter disposição para estudar. Hoje, o diploma de nível superior não é mais garantia de vaga em uma empresa.

As corporações estão em busca de profissionais que valorizam o aprendizado constante. Então, é válido apostar em uma pós-graduação para ficar atualizado sobre as principais tendências do setor.

Quem tem perfil profissional para ser engenheiro sempre priorizará os estudos para não apenas acompanhar a evolução do setor, mas também ter condições de oferecer serviços inovadores e de alta qualidade.

Ao concluir uma pós-graduação, um profissional tem mais chances de ser promovido e de receber um salário maior. Segundo pesquisa da Catho, aqueles que fazem uma especialização recebem até 53,7% a mais, se compararmos com os que fizeram somente a graduação.

Outro ponto positivo de ter uma pós-graduação é aumentar a empregabilidade. Um profissional bem qualificado apresenta mais chances de chamar a atenção dos recrutadores e de ser escolhido em processos seletivos abertos pelas empresas.

Falar inglês é um diferencial

Se você tem como foco o aprendizado constante, não custa nada fazer um esforço para dominar a língua inglesa. Muitas empresas atuam no exterior e têm clientes estrangeiros, o que exige fluência em inglês. Afinal, a comunicação é muito relevante para o bom andamento dos trabalhos.

Ao ler, ouvir e falar em inglês com desenvoltura, um profissional pode acompanhar as mudanças no setor de engenharia de maneira mais consistente. Isso porque muitas publicações estão na língua inglesa. À medida que o conhecimento se torna mais acessível, maiores são as possibilidades de encontrar alternativas para estar um passo à frente da concorrência.

Fazer um bom networking

Se você tem perfil profissional para ser engenheiro, não terá grandes dificuldades para criar uma boa rede de contatos. Essa iniciativa deve começar logo na faculdade, pois muitas oportunidades de estágio são preenchidas por meio de indicações. Essa tendência também segue com relação às oportunidades de trabalho para profissionais formados.

A recomendação é participar de eventos da área de engenharia (feiras de estágio, seminários, workshops, palestras etc.). Também é interessante ter perfis nas redes sociais (Facebook, Twitter e LinkedIn). Nelas, é possível seguir empresas e profissionais que se destacam no setor e conferir oportunidades de trabalho.

Nas redes, você ainda pode entrar em grupos de discussão, em que pode conhecer novos profissionais e aumentar a rede de contatos. Qualquer ação que o ajude a ter visibilidade positiva deve ser adotada.

Priorizar a boa comunicação

Não adianta nada dominar vários idiomas, ler diversos livros sobre engenharia e buscar a capacitação técnica, caso tenha dificuldades de se comunicar. Isso não significa que você deva ser amigo de todos os seus colegas de trabalho, mas é necessário transmitir as suas ideias com clareza e tranquilidade.

Se você passar uma orientação para um integrante da sua equipe e ele não entender direito, haverá prejuízo para o desempenho da empresa. Por isso, é fundamental ser o mais didático possível ao explicar algo. Manter a calma ao passar uma informação é crucial para evitar os erros.

Caso seja necessário, repita a orientação. O importante é ter a garantia de que a comunicação está sendo feita da melhor forma possível. Essa postura também contribui para manter a harmonia no ambiente de trabalho e deve fazer parte do perfil profissional para ser engenheiro.

Estar motivado para trabalhar em equipe

Mesmo que seja um profissional autônomo, o engenheiro precisa do apoio de outras pessoas para executar uma obra, por exemplo. Nesse caso, o ideal é ter habilidade para trabalhar em equipe. Para isso, deve ser flexível a mudanças e capaz de ouvir, com paciência, as demandas dos clientes e dos colaboradores.

Administrar as diferenças individuais entre os componentes de um time em um projeto é fundamental para os resultados serem atingidos. Esse comportamento ajuda a evitar conflitos que sejam prejudiciais para a performance. É normal haver diferentes pontos de vista sobre como fazer uma atividade, mas isso não pode causar desentendimentos graves entre os membros de uma equipe.

O bom relacionamento interpessoal precisa ser uma característica presente no perfil profissional para ser engenheiro. Do contrário, haverá grandes dificuldades de convivência com outros colaboradores, o que impacta negativamente na execução dos serviços.

Gostar das matérias de exatas

Qualquer segmento da engenharia exige facilidade em fazer cálculos matemáticos. Também é positivo ter afinidade com física, para que a elaboração e a execução dos projetos sejam feitas da melhor maneira possível.

Se você gosta de fazer operações matemáticas, o curso superior de engenharia é uma ótima opção para iniciar a trajetória no mercado de trabalho. Isso porque os serviços exigem uma grande habilidade na realização de cálculos.

Trabalhar com planejamento

Os engenheiros devem finalizar os projetos em um determinado prazo, não é mesmo? Por isso, é indispensável planejar a execução das tarefas, considerando a complexidade do serviço e os recursos materiais, financeiros e humanos disponíveis.

Não ter um controle das ações realizadas é um dos maiores erros que um profissional da área pode cometer. A organização e o foco em resultados são muito importantes para as atividades serem concluídas com qualidade e no prazo estipulado.

Você percebeu que muitas habilidades integram o perfil profissional para ser engenheiro. A orientação é analisar as características apontadas com cuidado para fazer a melhor escolha para o seu futuro.

Para os interessados em fazer a graduação em engenharia, a dica é ler, agora mesmo, este post sobre as diferenças entre engenharia civil e arquitetura. Estar bem informado nos ajuda a trilhar o melhor caminho para o sucesso!

 

Deixar comentário.

Share This
0