Estudos

11 dicas para montar e manter uma rotina de estudos

rotina de estudos

Você já deve saber muito bem que para passar no vestibular dos seus sonhos vai ser necessário ter muita preparação e dedicação. Por conta disso, é imprescindível criar e manter uma rotina de estudos eficiente, de modo a organizar todos os assuntos que serão cobrados e garantir que você vai estar bem preparado para a prova.

Nesse sentido, mais importante do que criar um calendário de estudos é ser capaz de cumpri-lo, pois, caso ele não seja condizente com o seu perfil e cotidiano, certamente você o abandonará no meio do caminho para a aprovação — e não é isso o que você quer, não é mesmo?

Portanto, neste post, vamos compartilhar 11 dicas para criar e manter uma agenda de estudos perfeita para você e mostrar os benefícios que esse planejamento pode trazer. Confira!

11 dicas para criar uma rotina de estudos eficiente

1. Avalie o seu dia a dia

O primeiro passo para criar um plano de estudos que seja eficiente é avaliar a sua rotina. Considere os seguintes pontos:

  • Você ainda é estudante, tem se dedicado aos estudos por conta própria ou frequenta um cursinho?

  • Você já trabalha?

  • Quais outras atividades ocupam o seu tempo? Cursos de idiomas, esportes, aulas de reforço etc.?

Ter em mente todas as atividades que você desempenha ao longo da semana vai ser útil na hora de estruturar o seu horário de estudos. Crie um calendário semanal e inclua nele as suas obrigações. Assim, você vai poder organizar melhor o seu cronograma de estudos — como vamos explicar melhor mais à frente.

2. Estabeleça um local para estudar

Depois de ter ciência sobre o seu cotidiano e antes de criar um calendário de estudos, o indicado é estabelecer um local adequado para se dedicar a essa atividade com plenitude.

O espaço deve ter como principais características:

  • ser o mais silencioso possível;

  • ter uma escrivaninha que proporcione conforto;

  • não oferecer distrações;

  • ter conexão com a internet (mas nada de redes sociais, ok?);

  • ter todos os materiais necessários;

  • ser bem iluminado e arejado.

Se a sua casa é movimentada e não proporciona a tranquilidade necessária para você se concentrar, nossa sugestão é optar pela biblioteca pública da sua cidade ou a da sua escola.

Ou então, tente conversar com as pessoas que moram com você e explicar como um ambiente mais calmo é importante para que seu objetivo seja alcançado!

Também pode valer a pena estudar na casa de um amigo, desde que seja mais fácil se concentrar. Ambos devem estar focados na aprovação. Do contrário, os resultados não serão satisfatórios.

3. Monte um cronograma para as disciplinas que deverão ser estudadas

Agora é o momento de listar todas as disciplinas que serão cobradas nas provas de vestibular e estruturar os seus estudos. Sabe o calendário semanal que você criou com todas as suas atividades? Acrescente também as matérias que pretende estudar por dia. Tente intercalar disciplinas em que você tem mais facilidade com aquelas que exigem um esforço maior.

É recomendado variar os conteúdos que vão auxiliar os seus estudos. Por exemplo, se em um dia você se dedicou à leitura, em outro pode fazer exercícios ou assistir a um vídeo que contemple o tema.

Contar com essa diversidade na hora de estudar é interessante porque contribui para que você não desista da rotina de estudos estabelecida.

4. Mantenha horários fixos

De acordo com o psicólogo americano Jeremy Dean, leva cerca de 66 dias para uma pessoa transformar um objetivo em rotina. Em seu livro “Making Habits, Breaking Habits: Why We Do Things, Why We Don’t, and How to Make Any Change Stick”, ele explica que algumas atividades demandam esforço e tempo maiores do que outras, mas a média apresentada já é suficiente para transformar as ações praticadas em hábitos.

Se você levar em consideração essa informação na hora de montar a sua rotina de estudos, o ideal seria, portanto, manter horários fixos para cada uma das atividades do seu cronograma, de modo que o seu cérebro se acostume a realizá-las.

Ou seja, você vai ter mais motivação e vai procrastinar cada vez menos na hora de estudar.

5. Tenha ao alcance todos os materiais necessários

Para não ter que ficar levantando toda hora para buscar algo diferente — um livro, um caderno, uma caneta ou até mesmo um copo de água —, deixe ao seu alcance todos os materiais que serão necessários.

No entanto, eles não podem ser um motivo para distrações. Por isso, mantenha tudo organizado e em locais que não prejudiquem o seu rendimento.

6. Evite distrações

Nós mencionamos que ter conexão à internet é uma das características de um bom ambiente de estudos. Por outro lado, isso não quer dizer que você pode ficar acessando as redes sociais e o WhatsApp o tempo todo.

Também não é recomendado deixar a televisão ligada ou celular por perto. Se possível, deixe-o no silencioso e em um local afastado da sua mesa de estudos.

Qualquer distração pode ser o suficiente para tirar o seu foco e concentração, e o que você quer é manter uma rotina eficiente de estudos, certo?

7. Cuide do corpo

Cumprir a rotina de estudos consumirá uma grande quantidade de energia, principalmente quando as atividades ainda não se transformaram em hábitos. Além disso, será preciso lidar com uma série de crenças limitantes, que tentaram de todas as formas manter a zona de conforto.

Tudo isso exigirá bastante do corpo, e o fato do aprendizado ser uma atividade intelectual não reduz em nada a necessidade de cuidar da saúde. Os exercícios físicos e os bons hábitos de alimentação serão fundamentais para ter energia no estudo e no exame.

Para você ter uma ideia, a preparação do corpo para o bom desempenho intelectual é tão importante que profissionais de xadrez treinam como verdadeiros esportistas. E, mais recentemente, isso passou a valer também para os jogadores dos E-Sports.

8. Faça pausas

Pausas e momentos de lazer também devem estar presentes em seu cronograma de preparação. Descansar a mente de tempos em tempos é imprescindível para ganhar fôlego e voltar com tudo aos estudos. O importante é saber dosar quais atividades serão feitas e se elas serão benéficas para esse período de assimilação de conteúdo.

Uma dica é aproveitar as pausas para realizar atividades físicas, que, além de ajudarem a relaxar a mente, também liberam hormônios que potencializam a sensação de bem-estar e deixam a sua mente mais calma.

9. Invista em diferentes métodos de estudo

Já considerou investir em algum método para a rotina de estudos ser ainda mais eficiente? Na técnica conhecida como Pomodoro, por exemplo, o estudante se dedica a uma atividade por 25 minutos e pausa por 5. Após essa ação se repetir quatro vezes, a pausa deve ser um pouco maior, por cerca de 30 minutos.

Dessa forma, você vai observar o quanto rende em determinado período e vai fazer uma gestão melhor do seu tempo.

10. Separe um tempo para revisões

Muitas vezes, pode ser chato retornar a um assunto que já foi visto antes, principalmente porque ficamos com a sensação de não estarmos progredindo. O problema é que, sem revisões e exercícios, esquecemos muito facilmente.

As informações coletadas em um dia de estudo são extremamente frágeis e precisam ser constantemente reforçadas. A chamada curva do esquecimento é severa ao apontar mais de 50% de perda somente nas primeiras 24 horas.

Logo, tão importante quanto se programar para estudar o conteúdo é realizar revisões periódicas. As soluções, nesse sentido, são as mais diversas como reler resumos, elaborar mapas mentais, criar flashcards ou utilizar um aplicativo para responder questões de prova.

11. Defina objetivos e metas claras

A base para manter uma rotina de estudos é a realização com significado. Ao sabermos por que fazemos algo e existindo um motivo relevante, temos mais chances de nos engajarmos na tarefa. O segredo, portanto, é ter objetivos e metas.

Uma ferramenta interessante para gerar essa clareza é criar uma espécie de mapa, definindo o ponto de chegada e os marcos a serem alcançados ao longo do trajeto. Utilize os seguintes passos para se inspirar.

Defina o objetivo

Descreva o seu objetivo com o máximo de detalhes no topo de uma folha.

Torne o objetivo mais concreto

Pense exatamente em como você saberá que concretizou o feito, onde você estará, com quem, quais serão os acontecimentos etc.

Estabeleça os marcos

Defina o caminho até o objetivo proposto, estabelecendo marcos do mais distante para o mais próximo, por exemplo, realizar o exame, esgotar o edital, estudar “x” páginas, assistir todas as aulas do curso etc.

Defina metas e estratégias diárias

Crie metas diárias que possam movê-lo em direção aos marcos estabelecidos, bem como estratégias para cumprir as exigências. Por exemplo, o que precisa ser feito hoje para concluir o edital sem atrasos?

Com essas dicas, você tem mais condições de criar uma rotina de estudos eficiente e tornar a sua aprovação no vestibular possível!

5 benefícios de ter um planejamento voltado para os estudos

Com certeza, você já sabe como criar um roteiro para estudar durante um período (dia, semana etc.), não é mesmo? Mas para você ficar mais motivado a elaborar um planejamento voltado para o sucesso, vamos mostrar 5 vantagens de adotar essa postura no seu dia a dia. Acompanhe!

1. Mais disciplina

Sem esforço não há como atingir um objetivo, e isso não é novidade para ninguém. Para a rotina eficiente de estudos ser uma realidade, você deve ser bastante disciplinado. E como é possível aplicar isso no cotidiano?

A resposta é simples, pois basta somente seguir as medidas abaixo:

  • iniciar o horário de estudos com pontualidade;

  • executar as pausas de forma correta;

  • cumprir o cronograma estabelecido, caso não haja nenhum imprevisto;

  • dedicar períodos para a resolução de exercícios;

  • ter um tempo para tirar dúvidas com professores e colegas de estudo.

À medida que você adota a disciplina no seu cotidiano, fica até mais fácil aproveitar os bons momentos da vida. Isso porque a execução correta do planejamento vai permitir que você reserve algumas horas para se distrair.

Por exemplo, você pode dedicar a tarde do domingo para sair com familiares e amigos. Todo mundo merece curtir um cinema ou ir à praia para descansar o cérebro. Ficar praticamente o tempo todo apenas estudando vai deixá-lo muito cansado.

Você deve se dedicar bastante para conseguir a aprovação. Porém, deve ter disciplina até para fazer pausas, que são importantes para o aprendizado. Com a mente desgastada, seu rendimento não será o ideal.

2. Mais organização

O planejamento é indispensável para o sucesso de um estudante ou de um profissional. Se não houver uma sequência bem detalhada de ações a serem cumpridas, você terá bastante dificuldade para concretizar as suas metas.

A organização é uma peça-chave para uma rotina eficiente de estudos. Um dos motivos é que ela vai contribuir para a montagem de um calendário de preparação adequado à sua realidade.

Não adianta desejar fazer 100 exercícios de uma disciplina por dia se você não tiver tempo disponível para isso. Ao se organizar, você vai ter uma noção maior de como aproveitar o dia e assimilar o conteúdo com mais qualidade.

Se você for uma pessoa organizada, terá mais facilidade de cumprir a agenda de estudos, porque vai montar um calendário com base no bom senso e na sua capacidade de adquirir conhecimento.

Além disso, a organização vai ajudá-lo a dividir o planejamento de estudos por etapas, como:

  • leitura preliminar da apostila, marcando os tópicos mais importantes;

  • elaboração de resumo, destacando o que mais chamou a sua atenção;

  • resolução de exercícios;

  • questionamento de eventuais dúvidas aos professores e colegas.

É inegável que uma pessoa organizada administra melhor as tarefas do dia a dia. Ficar mudando o planejamento de estudos constantemente é um erro que pode prejudicar o seu desempenho na prova.

3. Desenvolvimento do foco

Qual é o objetivo a ser atingido? Essa pergunta deve estar na cabeça de qualquer um que pretende fazer um processo seletivo para entrar em uma faculdade ou iniciar a carreira no serviço público.

Para essa meta sair do papel, você deve ter algo essencial para os vencedores: foco. Em outras palavras, vontade de se superar a cada dia. Se você estabeleceu uma lista de tarefas para serem cumpridas, tenha determinação em executá-las.

Esse comportamento deve fazer parte de uma rotina eficiente de estudos. Caso não haja um engajamento com o resultado, você não vai se dedicar como precisa. Não adianta ficar duas horas fazendo exercícios se você está com outras preocupações (conversar com um amigo, ir ao shopping etc.).

O momento do estudo é algo sagrado. Por isso, você deve ter foco para seguir uma rotina e não valorizar outras atividades. Se estiver priorizando o lazer, o aprendizado não será o ideal.

Na hora da prova, é muito importante manter o pensamento no seu principal objetivo, que deve ser a conquista de uma vaga na instituição de nível superior dos seus sonhos.

4. Valorização da concentração

É válido ter uma meta para ser alcançada, preparar um calendário de estudos e mostrar foco. Além dessas iniciativas, é necessário também ter bastante concentração para assimilar os conteúdos de cada disciplina.

Pense que você está no seu quarto, lendo a apostila de física (uma das matérias mais complicadas para compreender os tópicos apresentados). Em vez de estar com o pensamento direcionado ao aprendizado, você opta por visualizar periodicamente as mensagens do WhatsApp.

Será que essa postura é a ideal para o seu sucesso? Claro que não! O correto é o estudante estar muito concentrado na preparação. Se você passar boa parte do cotidiano priorizando atividades paralelas durante os estudos, não vai chegar a lugar nenhum.

Se você quer realmente ficar concentrado para estudar, adote os seguintes passos:

  • desligue a televisão do quarto;

  • tenha o pensamento direcionado apenas aos estudos;

  • evite o uso do celular ao máximo;

  • aproveite as pausas para o descanso de maneira correta.

Para manter a concentração em alta, esqueça as redes sociais durante a leitura de livros e a resolução de exercícios. Você deve priorizar a sua preparação para fazer uma excelente prova.

5. Motivação constante

A força de vontade para superar os próprios limites deve estar presente em nossas vidas. Por isso, a motivação é imprescindível para o seu sucesso. Com garra e desejo de vencer, fica mais fácil manter o foco e a concentração nas atividades do dia a dia.

Estar motivado é uma alternativa para deixar a rotina mais leve e valorizar as tarefas finalizadas do seu calendário de estudos. É primordial entender a relevância de cada iniciativa realizada no seu aprendizado.

Não adianta seguir uma rotina de preparação se você a fizer de forma fria. O ideal é que você tenha satisfação em cumprir cada atividade estabelecida. O prazer de seguir o calendário contribui para a sua motivação.

Quem apresenta a motivação como qualidade também se beneficia de algo fundamental para passar em uma prova: a confiança em si mesmo. Acreditar no próprio potencial é uma maneira de estar mais concentrado e focado em um objetivo.

Sem dúvida, você percebeu que manter uma rotina de estudos eficiente é o melhor caminho para conquistar uma vaga em uma instituição de ensino superior renomada, como a Faculdade de Rondônia (FARO).

Gostou do nosso post? Então, assine nossa newsletter e receba as outras dicas para passar no vestibular!

Deixar comentário.

Share This
0