ENEM

7 dicas de como estudar atualidades para o Enem

Se você está se preparando para o Enem, já deve ter percebido a importância de estudar atualidades para obter um bom resultado na prova. É fundamental se preparar para as questões que abordam fatos recentes do cotidiano, já que elas representam uma parcela importante do teste.

Muito mais do que simplesmente verificar se o estudante acompanha as últimas notícias, as perguntas das provas do Enem, de vestibulares e de outros concursos, avalia-se a capacidade dos candidatos de relacionar acontecimentos recentes aos conteúdos estudados na escola.

Porém, nem todos compreendem a importância de estudar atualidades ao se preparar para os exames e, muitas vezes, essa categoria acaba ficando em segundo plano, dando lugar às disciplinas mais tradicionais, como português e matemática.

Além disso, nem sempre o estudante sabe como fazer isso: é preciso ler jornais? A internet pode substituir a mídia impressa? Como identificar notícias falsas? E quais assuntos merecem mais atenção e têm mais chance de aparecer nas provas?

Para tirar todas as suas dúvidas e descobrir, de uma vez por todas, como estudar atualidades, continue a leitura!

1. Acompanhe as notícias na televisão

Uma das maneiras mais práticas (e econômicas) de estudar atualidades é acompanhar os programas de noticiários exibidos nas redes de canais abertos ou a cabo. A maior parte das grandes emissoras de televisão mantém em sua programação horários destinados à cobertura jornalística dos últimos eventos do Brasil e do mundo.

Além disso, existem programas de debates, entrevistas e até mesmo documentários que abordam temas atuais relevantes para a sociedade, que podem contribuir para a formação da visão de mundo do estudante.

Por isso, se você está se preparando para o Enem, vale a pena sintonizar a televisão nos programas:

2. Fique atento a programas de rádio e podcasts

O rádio pode ser uma fonte valiosa e acessível de informações ao candidato do Enem: praticamente todos os celulares contam com esse aplicativo, que pode ser acessado a qualquer momento sem necessidade de conexão com a internet.

Existem inúmeros programas e canais de rádio destinados às últimas notícias, como o Estadão Notícias e a BandNews FM. Também é possível encontrar podcasts que abordam assuntos relevantes para a sociedade, como o Xadrez Verbal (sobre política internacional), o Café Brasil (sobre notícias cotidianas) e os do Canal CBN (sobre vários temas).

Dessa forma, o estudante pode se atualizar sobre os últimos acontecimentos nacionais e mundiais mesmo quando não está estudando: basta sintonizar o rádio a qualquer momento — quando está no ônibus, caminhando ou fazendo exercícios, por exemplo.

3. Acesse os portais de notícias na internet

As plataformas de divulgação de notícias na internet oferecem um volume considerável de informação de forma gratuita e prática, seja pelo computador ou pelo celular. Assim, o candidato do Enem só necessita de uma conexão com a internet para ter acesso às últimas notícias e acontecimentos.

A grande vantagem dos portais de notícias é sua atualização constante, praticamente em tempo real. Valem o clique o portal da BBC, o G1 e o R7

4. Não deixe de lado a mídia impressa

Apesar de todas as vantagens oferecidas pela mídia virtual, os jornais e revistas impressos ainda têm grande importância na hora de estudar atualidades. Além de ter acesso a outros pontos de vista sobre o mesmo assunto, a variedade de conteúdo das revistas semanais e dos jornais diários é bastante considerável.

Além disso, a mídia impressa normalmente aborda certos temas relevantes com mais profundidade, contribuindo para a formação de opinião do leitor.

5. Acompanhe os canais do YouTube voltados ao estudo

A plataforma de vídeos mais famosa em todo o mundo pode ser uma boa fonte alternativa de informações para alunos de todas as idades, em especial na hora de estudar para o Enem ou para o vestibular.

Existem inúmeros canais que disponibilizam gratuitamente aulas completas sobre os temas mais importantes de atualidades. Alguns deles que valem o acesso são o Descomplica, o ProEnem, o Maratona de Atualidades e o Nerdologia.

6. Não descarte as redes sociais

Boa parte dos estudantes considera as redes sociais uma fonte de lazer e entretenimento, mas poucos se dão conta que vários dos assuntos tratados no Enem, tanto nas questões objetivas quanto na redação, são aqueles que tiveram grande repercussão na sociedade por meio das redes sociais.

Intolerância religiosa, violência contra a mulher, sexualidade, política e preconceito são temas recorrentes nas redes sociais, como Facebook e Twitter, gerando discussões acaloradas entre os internautas. Acompanhar as polêmicas, com discernimento e bom senso, pode ajudar na preparação para o exame.

7. Use aplicativos para facilitar os estudos

Estar atualizado em relação às notícias pode ser um grande desafio para os candidatos do Enem, especialmente na hora de conciliar os estudos com a leitura de jornais, revistas e outras fontes de informação.

Por isso, para estudar atualidades, nada melhor do que contar com o auxílio da tecnologia: os aplicativos agregadores de notícias podem ser personalizados de acordo com as preferências de cada usuário.

Dessa forma, é possível acessar, pelo computador ou celular, as últimas notícias sobre determinados assuntos provenientes de diversas fontes na internet. Os apps mais conhecidos são o Feedly, o Flipboard e o Google Notícias.

Para ter tranquilidade na hora de fazer o exame, é importante se manter atento às questões atuais que aparecem em destaque na média. Por isso, estudar atualidades é essencial na preparação para o Enem.

A melhor forma de buscar informações relevantes é selecionar fontes seguras e confiáveis e procurar pontos de vista diferentes sobre o mesmo assunto. Dessa forma é possível compreender os fatos, observar todos os lados da notícia e formar sua própria opinião.

Também é preciso lembrar que nem sempre as perguntas se referem de modo explícito aos últimos acontecimentos. Muitas vezes, o conhecimento do candidato é testado em questões multidisciplinares, que avaliam diversos conteúdos e assuntos diferentes.

Assim, ao estudar atualidades, o aluno se prepara tanto paras as questões do exame quanto para a redação, que nos últimos anos abordou temas bastante discutidos pela sociedade, como preconceito, homofobia, violência, tecnologia e imigração.

E você, já incluiu em sua rotina a tarefa de estudar atualidades? Compartilhe nosso post nas redes sociais e marque seus amigos que estão se preparando para o Enem!

 

Deixar comentário.

Share This
0