Estudos

6 dicas para organizar os seus gastos com educação

clique na imagem para se inscrever

Clique na imagem para se inscrever!!

Os anos de faculdade já representam um período repleto de novidades e experiências inesquecíveis, não é mesmo? São muitas descobertas, novos aprendizados, novos amigos, mas, também, novas despesas.

E aqui não falamos apenas das mensalidades — um dos grandes motivos de preocupação para o orçamento de quem ingressou em instituições de ensino particulares. Existem ainda os gastos com livros, com xerox dos materiais de apoio enviados pelos professores, com transporte ou até com moradia, para quem escolheu uma faculdade longe de casa.

Sabemos que à primeira vista pode parecer um cenário bastante desafiador, mas não precisa se preocupar, ok? No post de hoje, vamos dar 6 ótimas dicas para você organizar os seus gastos com educação e garantir que todas as despesas vão caber no seu bolso com tranquilidade e sem aperto. Confira!

1. Conheça a fundo a sua vida financeira

O primeiro passo para organizar as suas despesas é ter um conhecimento prévio dos recursos que você possui e, a partir daí, estabelecer uma previsão mais realista do quanto você poderá gastar futuramente.

Uma boa sugestão é construir uma planilha detalhada de controle financeiro e colocar na ponta do lápis todas as suas receitas, como salário, mesada dos pais ou bolsas de estudo, e as despesas, como aluguel, transporte, luz, água, telefone e internet para verificar se o seu orçamento está em equilíbrio.

Aqui, é importante incluir também os gastos menores que estão fora do orçamento, mas que, certamente, farão toda a diferença no final do mês, como os happy hours às sextas-feiras, o ingresso para o cinema no final de semana, a compra de livros para o seu curso ou aquela xerox de última hora para complementar o seu material de estudos.

2. Reduza seus custos

Diminuir os seus gastos é um dos segredos básicos para conquistar um maior controle sobre a sua organização financeira. No entanto, isso não significa que você tenha que trancar a faculdade ou parar de sair com os amigos, ok?

Por meio de atitudes bastante simples, é possível eliminar alguns gastos do dia a dia que, no final do mês, poderão fazer toda a diferença nas suas contas. Veja alguns exemplos:

  • se você mora perto da faculdade, experimente ir a pé ou de bicicleta ao invés de utilizar o carro ou o transporte coletivo;

  • outra alternativa é organizar um rodízio de caronas com os colegas que moram próximos a você;

  • procure reduzir o consumo de energia, água e telefone;

  • evite fazer compras por impulso e crie o hábito de pesquisar os melhores preços;

  • ao invés de almoçar fora em restaurantes ou lanchonetes, leve comida de casa ou aproveite os valores mais acessíveis do bandejão da universidade;

  • descubra com antecedência os livros exigidos pelo seu curso para tentar encontrá-los em sebos ou garantir a reserva de um exemplar na biblioteca da sua instituição de ensino;

  • estabeleça um limite de festas e baladas durante o mês, promova mais reuniões com os amigos em casa e fique de olho nas atividades gratuitas da sua cidade que, além de representarem um programa diferente, ainda ajudam você a economizar.

3. Candidate-se aos programas de bolsa de estudos e financiamento estudantil

Aproveitar as oportunidades oferecidas pela sua própria instituição de ensino também pode ser uma ótima alternativa para garantir uma folga no orçamento.

Se você optar por uma faculdade particular, poderá encontrar boas alternativas para custear as mensalidades, como as bolsas oferecidas pelo ProUni ou os financiamentos estudantis, como o FIES e o PRAVALER, que possibilitam o parcelamento das mensalidades com taxas de juros bastante acessíveis.

E, se ingressar em uma universidade pública, você poderá se candidatar às bolsas oferecidas pelos projetos de iniciação científica ou programas esportivos e grupos artísticos que, além de contar pontos positivos para o seu currículo, ainda garantem um dinheiro extra no final do mês.

4. Aproveite os recursos tecnológicos disponíveis

Hoje em dia, existem ótimas ferramentas que podem ajudá-lo a organizar os seus gastos de uma forma mais simples e prática.

Por meio dos aplicativos de gestão financeira, você pode registrar todas as suas receitas e despesas e controlar as saídas e entradas de dinheiro com apenas um clique, diretamente no seu celular ou no tablet.

E na hora de adquirir seus livros, ou outros materiais necessários para o seu curso, a internet também pode ser uma excelente ferramenta para pesquisar os melhores preços e comparar os valores praticados e benefícios de compra oferecidos pelas lojas.

5. Tenha uma reserva para emergências

A gente sabe que imprevistos acontecem e nem sempre estamos preparados financeiramente para lidar com essas situações. Por isso, ter um plano B para cobrir gastos extras como reparos na casa ou mesmo a participação em eventos importantes para a sua carreira, é uma parte muito importante do seu planejamento financeiro.

Aqui, uma boa sugestão é separar uma quantia mensal da sua renda e escolher uma modalidade de investimento financeiro que se enquadre às suas necessidades do momento.

Assim, você não corre o risco de gastar esse dinheiro ao longo do mês e garante um fundo de reservas seguro para possíveis emergências.

6. Procure outras fontes de renda

Depois de dar algumas dicas sobre como controlar as suas despesas, vamos mostrar algumas alternativas que vão ajudá-lo a conquistar independência financeira e manter o orçamento em equilíbrio durante sua vida na faculdade:

Estágios

Mesmo não sendo uma exigência para a conclusão da sua graduação, um estágio é uma excelente oportunidade para entrar no mercado de trabalho, conhecer na prática o dia a dia da sua profissão e, de quebra, conseguir pagar as contas.

Trabalhos de meio expediente

Muitas empresas oferecem vagas de meio período, permitindo que você consiga conciliar o trabalho com os estudos, além de experimentar o ambiente corporativo e a convivência com outros profissionais.

Outras atividades

Atividades como venda de doces caseiros, de acessórios ou de cosméticos por catálogo podem ser excelentes alternativas para complementar a sua renda e, ainda, aproximá-lo um pouco mais dos colegas da faculdade.

Agora que você chegou ao final deste post e já está por dentro de todas as dicas necessárias para organizar os seus gastos com educação de uma forma mais prática e com tranquilidade, assine a nossa newsletter e confira outros assuntos superinteressantes sobre carreiras e o mundo universitário!

Sobre o autor

Faculdade de Rondônia

Share This