Administração Carreiras Direito

Saiba mais sobre 7 carreiras em ciências humanas

saiba-mais-sobre-7-carreiras-em-ciencias-humanas.jpeg

Durante o ensino médio, é normal que os estudantes comecem a descobrir suas afinidades em relação às carreiras que pretendem seguir, não é verdade?

Têm os que iniciam sua caminhada pelas ciências exatas (como a matemática e engenharias), os que preferem as ciências biológicas (ecologia, fisiologia e genética) e os que se identificam com as ciências humanas, que é o grupo que nos interessa neste texto.

As ciências humanas se referem às áreas de conhecimento que colocam o ser humano como objeto de estudo. O homem, tanto como indivíduo quanto ser social, é estudado sob os pontos de vista da linguagem, história, filosofia, sociologia, política, economia, comunicação, direito etc.

Isso torna essa área muito ampla, subjetiva e diversificada, abraçando cursos universitários e alunos dos mais variados perfis.

Neste post, falaremos sobre os cursos, o mercado de trabalho e as tendências de 7 áreas das ciências humanas que você pode ingressar. Acompanhe:

1. Administração

A Administração é o campo que estuda a gestão de empresas e entidades públicas, com o objetivo de garantir a maior eficiência possível no uso de seus recursos financeiros, humanos e materiais.

Em outras palavras, é papel do administrador ou administradora fazer uma empresa produzir mais resultados, consumindo menos recursos. Portanto, ele deve ser um exímio conhecedor não só de economia, mas também de pessoas e mercados.

O curso dura 4 anos e envolve disciplinas, como logística, marketing, estatística, economia, matemática financeira e recursos humanos.

O mercado para os administradores sempre foi e continua repleto de oportunidades. Afinal de contas, todas as empresas, sejam públicas ou privadas, necessitam de profissionais dessa área para garantir competitividade e eficiência na gestão.

No entanto, isso também torna a competição por vagas bastante acirrada, já que o curso é bem popular nas universidades. Por isso, a especialização e a capacitação serão fundamentais em sua carreira.

2. Direito

Outro curso bastante popular é o de Direito. São muitos os estudantes que querem se tornar advogados, juízes, promotores ou delegados, não só porque possuem um apurado senso de justiça e responsabilidade social, mas porque as oportunidades no mercado são ótimas.

Afinal, a sociedade precisa de advogados e outros profissionais do direito para garantir que os seus interesses sejam defendidos, as leis aplicadas e a ordem mantida.

Como as leis estão categorizadas em diversas áreas, os advogados podem se especializar em diferentes segmentos, como o direito trabalhista, tributário, civil, penal, ambiental, eleitoral e empresarial.

O curso dura 5 anos e abraça disciplinas ligadas às ciências sociais e às específicas do direito, como sociologia, filosofia, direito constitucional, direito penal etc.

3. Publicidade e Propaganda

Se você é uma pessoa criativa, comunicativa e que vende bem as suas ideias, o curso de Publicidade e Propaganda pode ser um caminho interessante.

De modo geral, o profissional dessa área é responsável por planejar, criar e gerir campanhas publicitárias, institucionais ou comerciais, nos mais diversos meios de comunicação, como internet, TV, rádio, jornais e revistas.

Cabe ao publicitário ou publicitária cuidar da imagem dos seus clientes e fazer com que as pessoas comprem suas ideias, causas ou ofertas.

Nas faculdades, o curso costuma durar 4 anos. Algumas das matérias estudadas são redação publicitária, pesquisa de mercado, marketing, filosofia e economia.

O mercado publicitário pode ter sofrido um pouco com essa crise. Entretanto, em uma perspectiva de retomada, a tendência é que o setor volte a crescer, visto que as empresas precisarão tornar seus produtos competitivos e atrativos novamente.

4. Jornalismo

O Jornalismo faz parte da mesma área da Publicidade e Propaganda: a Comunicação Social. Seu papel é investigar, apurar e transmitir notícias, informações e histórias ao público pelos meios de comunicação.

A figura do jornalista está muito ligada à imagem do repórter ou apresentador de telejornal. Além dessas profissões, os formandos nessa área podem trabalhar como redatores, editores de conteúdo e assessores de imprensa.

O curso também costuma durar 4 anos e compartilha de muitas matérias vistas em Publicidade, como filosofia, teoria da comunicação e fotografia. Mas também existem as disciplinas mais específicas, como telejornalismo, jornalismo digital e redação.

Apesar de a legislação não exigir o diploma de jornalismo para exercer a profissão, a conclusão do curso é um diferencial importante para conquistar as melhores oportunidades. E essas vagas não estão apenas nas emissoras e veículos de comunicação, mas também em outras empresas e instituições públicas.

5. Pedagogia

A Pedagogia é uma área que exerce uma enorme influência em nosso sistema de ensino. Os pedagogos são os profissionais que estudam as teorias do ensino, didática e aprendizagem, e as aplicam em formas de diretrizes educacionais.

Eles normalmente atuam na direção ou coordenação de escolas e universidades ou em consultorias que oferecem treinamentos para empresas privadas. Mas, de maneira geral, o setor público é o mais visado pelos pedagogos.

O curso de pedagogia normalmente dura 4 anos e tem uma grade composta por matérias como história da educação, administração, didática, psicologia da educação etc.

Com o novo modelo do ensino médio entrando em vigor, os pedagogos serão ainda mais necessários nesses próximos anos. Afinal, eles serão os responsáveis por adaptar, da melhor forma possível para os alunos, as diretrizes impostas pelo Ministério da Educação.

6. Ciências políticas

O profissional de Ciências Políticas deve ser um profundo estudioso das relações, organizações e sistemas políticos vigentes em nossa sociedade.

Essa carreira é boa para quem pretende ser um cientista político, analista político, pesquisador social, administrador público ou prestar consultoria para partidos políticos, governos, ONGs e demais órgãos públicos.

As ciências políticas voltaram a ficar em evidência com esse momento conturbado da nossa política, o que aqueceu o mercado para quem pretende ingressar na área. Além disso, as eleições garantem sempre boas oportunidades para quem deseja fazer a assessoria de algum candidato.

O curso, que costuma durar 4 anos, aborda questões ligadas à sociologia, história, antropologia, filosofia, direito, política externa e economia.

7. Serviço social

Essa área prepara os estudantes para, futuramente, criarem meios e políticas para diminuir a desigualdade social e proporcionar melhores condições de vida à população.

Esses profissionais trabalham com a integração e reintegração de indivíduos na sociedade, redução da exclusão social e da marginalidade, e assistência aos indivíduos e famílias desamparadas.

Esse é um campo que, enquanto houver governos, ONGs e empresas que se preocupem em prestar um trabalho assistencial, as oportunidades de emprego surgirão.

O curso de Serviço Social dura 4 anos e carrega disciplinas como sociedade brasileira, teoria política e movimentos sociais. Além disso, o estudante é envolvido, desde o início da faculdade, em atividades voluntárias em escolas, creches e organizações assistenciais.

Como frisamos no início do texto, as ciências humanas são compostas por áreas tão diversificadas que, com alguma delas, um estudante se identificará. Além disso, grande parte das carreiras nesse campo de estudo são bem reconhecidas e podem proporcionar estabilidade financeira.

Logo, se você se identificou com as opções que trouxemos, procure saber mais sobre elas para começar a criar um futuro brilhante.

Então, você pretende construir uma carreira em alguma dessas áreas das Ciências Humanas? Compartilhe os seus planos conosco nos comentários!

Sobre o autor

Faculdade de Rondônia

Deixar comentário.

Share This