Estudos

Descubra como fazer uma redação do ENEM digna de pontuação máxima! [+INFOGRÁFICO NO POST]

descubra-como-fazer-uma-redacao-do-enem-digna-de-pontuacao-maxima.jpeg

Pode soar ousadia fazer parte do seleto grupo dos que tiraram 1000 na redação do ENEM. Afinal, em 2016, só 77 conseguiram a façanha. Mas estamos aqui para mostrar a você que, com esforço e muito treino, é possível sim chegar lá.

E isso não é só pela fama (pois é! Você vai correr o sério risco de aparecer no noticiário da TV), mas principalmente pelo seu futuro! A redação pode mudar tudo na sua classificação e abrir mais possibilidades de cursos a se candidatar.

Selecionamos algumas dicas que vão ajudá-lo a conquistar a nota máxima e direcionar seus estudos em redação. Também vamos explicar quais os critérios de avaliação e o que evitar para não correr o risco de zerar a prova. Confira!

Conecte-se com o mundo

Esqueça aquele tempo que você perdia rodando a timeline do Facebook em busca de cachorrinhos fofos ou memes engraçados! Agora é hora de ter foco. Então dê uma pausa no que seus amigos estão fazendo e comece a seguir páginas que vão trazer informações sobre o que está acontecendo no Brasil e no mundo.

Algumas páginas interessantes são a BBC Brasil, Folha de São Paulo e El País Brasil. Quem curte podcasts, vale a pena ouvir os da Rádio Band News e da CBN.

Acompanhe matérias, veja o que especialistas dizem sobre os acontecimentos e, com os seus conhecimentos, procure elaborar suas próprias opiniões. Além de ajudá-lo a ter maior intimidade com possíveis temas de redação, esse hábito vai colaborar em outras questões que podem cair na prova do ENEM e também fazer de você uma pessoa mais antenada.

Treine bastante

Quem quer medalha de ouro treina, e muito! Sabe a osmose? Aquele conceito que você aprendeu na biologia e na química. Ela não vai acontecer aqui! Para fazer uma boa redação é preciso redigir ao menos uma por semana. Separar um tempo para esse exercício deve fazer parte do seu planejamento de estudo.

O ideal é que os seus textos sejam corrigidos por um professor de português/redação. Ele poderá indicar erros recorrentes e pontos a aprimorar. Caso esteja estudando sozinho, procure alguém que tenha mais experiência na área e peça ajuda.

Uma vez corrigida, leia novamente a redação para verificar o que pode ser melhorado. Se o resultado final não for bom, faça uma outra versão sobre o mesmo tema.

Outra dica importante: guarde todas as suas redações e separe um momento para lê-las pouco antes da prova. É uma forma rápida de relembrar temas e argumentações utilizadas.

Fique atento ao que o tema está pedindo

Fuga ao tema foi a maior causa de anulação em 2016! Às vezes o texto ficou incrível, cheio de argumentações bacanas, mas ele não fez o principal: atender ao objetivo do tema. E isso pode ser mais fácil de acontecer do que parece.

Veja esse exemplo: suponhamos que o tema seja “A Lei Maria da Penha e a violência contra a mulher”. Então você se empolga na argumentação histórica de como o sexo feminino sempre foi subjugado.

Passa para os aspectos éticos e sociológicos da violência e termina no campo da linguagem, abordando as letras de música que transformam a mulher em objeto. Ops! Onde ficou a Lei Maria da Penha? Fugiu ao tema e você, certamente, deu perda total na redação.

Utilize ao menos uma área de conhecimento em cada parágrafo

No exemplo que demos acima, mostramos algumas áreas aplicadas à redação. E a banca examinadora espera que você faça isso! Esse é, inclusive, um dos quesitos de avaliação que pode valer até 200 pontos (vamos falar sobre isso mais adiante).

O ideal é organizar um esquema, pontuando que argumentos serão usados em cada parágrafo e como serão conectados. Já deixe esquematizada também a sua conclusão, com uma proposta concreta para ajudar a resolver o problema apresentado pelo tema.

Revise o que escreveu

Às vezes perdemos pontos de bobeira por pura falta de revisão! Uma palavra escrita de forma errada, uma regência equivocada e lá se vai a chance da nota máxima indo pelo ralo! O ideal é fazer um rascunho e, ao passar a limpo, fazer uma leitura atenta para detectar erros.

Na pressa, nosso cérebro pode pregar peças e nos fazer deixar passar alguma falha. Por isso, assim que terminar o rascunho, vá ao banheiro, jogue uma água no rosto, respire fundo e retorne para fazer sua versão final.

Conheça os 5 critérios de avaliação da redação do ENEM

Não se pode competir se não se sabe as regras do jogo! Por isso é imprescindível que você estude a Cartilha do Participante. Ela traz orientações básicas sobre o que vai ser analisado em sua redação.

De acordo com as informações dessa cartilha, são 5 os critérios utilizados para se chegar à nota final. Cada um vale de 0 a 200, totalizando 1000 pontos. Seu texto passa por dois avaliadores e a sua nota será uma média dos resultados que cada um der à sua redação.

Em síntese, os critérios da redação do ENEM vão avaliar os seguintes aspectos:

  1. seu domínio da língua portuguesa e se você sabe a diferença entre escrita formal e informal;

  2. se consegue usar o que aprendeu nas áreas de conhecimento para desenvolver seus argumentos;

  3. sua capacidade de interpretar informações para defender o que pensa a respeito de um assunto;

  4. se você sabe os mecanismos linguísticos para construir uma argumentação, estabelecendo uma relação entre frases e parágrafos (uso de preposições, conjunções, advérbios e conjunções adverbiais);

  5. a elaboração de uma conclusão que traga propostas concretas de intervenção na sociedade, sem ferir os direitos humanos.

O que pode zerar a sua redação?

Se o seu objetivo é a nota máxima (e você está estudando para isso), ganhar um zero pode parecer pouco provável. Mas é bom ficar atento ao que os avaliadores do ENEM consideram falta grave para não correr riscos desnecessários.

Como já dissemos, fuga ao tema é um dos quesitos capazes de zerar a melhor das redações. Outra falha grave é se deixar levar pelo gênero narrativo ou descritivo e colocar de lado a estrutura dissertativo-argumentativa.

Textos curtos (menos de 7 linhas), uso de termos impróprios, desrespeito aos direitos humanos, trechos deliberadamente desconectados do texto ou desenhos também geram a anulação da prova. E se você entregar a folha de redação em branco, mesmo que apresente o rascunho, também será desconsiderado.

Gostou das dicas? Elas não acabaram por aqui! Confira abaixo um infográfico com 5 segredos que você precisa conhecer para passar no ENEM.

5 segredos que você precisa conhecer para passar no ENEM

Com essas dicas você tem tudo para chegar aos melhores resultados e alcançar a nota máxima na redação do ENEM. Então? O que está esperando? Comece já a treinar o seu texto! Aproveite e compartilhe este post nas suas redes sociais para ajudar outros amigos a conquistar uma vaga no ensino superior!

Sobre o autor

Faculdade de Rondônia

Deixar comentário.

Share This