Estudos

Como fazer exercícios físicos vai te ajudar a passar no vestibular?

como-fazer-exercicios-fisicos-vai-te-ajudar-a-passar-no-vestibular.jpeg

Um dos momentos mais difíceis do Ensino Médio é a preparação para o vestibular. A prova, que envolve conhecimentos de diversas matérias e dos três anos do Ensino Médio é difícil e requer muito estudo e preparo.

Não basta frequentar as aulas e estudar muito, é necessário adotar uma série de outras medidas que podem melhorar o seu desempenho e te ajudar a passar no vestibular. Entre elas, pode-se destacar a adoção de uma dieta equilibrada, de horários regulares e suficientes de sono, a necessidade de fazer exercícios físicos e muita motivação.

Talvez, em um primeiro momento você não consiga encontrar uma relação entre essas práticas e o rendimento na prova. Por isso, neste post nós vamos te explicar os benefícios de adotar uma delas. Continue acompanhando o post e descubra por que fazer exercícios vai te ajudar a passar no vestibular!

Os principais benefícios da prática de exercícios físicos para vestibulandos

Talvez você não consiga imaginar porque os benefícios de fazer exercícios físicos sejam tão importantes para os vestibulandos. Mas a verdade é que esta é uma fase muito estressante da vida, e os benefícios da prática de atividades físicas podem ajudar a diminuir a tensão do momento. Conheça alguns dos benefícios:

Diminuição do estresse

O período que antecede o vestibular é muito estressante, para quem está se preparando para a prova. Por isso, o ideal é distribuir o tempo entre os estudos e outras atividades que possam ser prazerosas e não tão estressantes.

Você pode destinar um tempo para fazer exercícios, para sair com os amigos ou para algum programa que você goste muito de fazer, como ir ao cinema.

Uma rotina diária de exercícios físicos é a maior aliada nesse sentido. Você não precisa utilizar muito tempo para isso, já que não quer desfocar dos livros e apostilas. Mas vale a pena investir, pelo menos, meia hora por dia nesta prática, que tende a controlar e diminuir o estresse.

Prevenção de problemas de saúde

A prática regular de exercícios físicos ajuda a prevenir problemas de saúde como obesidade, hipertensão e diabetes. Se você acha que ainda é cedo para sofrer com esses problemas, vale mencionar que praticar atividades físicas também auxilia em problemas mais relacionados à alta carga de estudos, como enxaquecas.

Isso, graças aos hormônios que a prática de exercícios libera em seu corpo e que promovem uma sensação de prazer e bem-estar. Com a saúde melhor, fica muito mais fácil se focar nos estudos, não é?

Alívio de dores no corpo causadas pelas longas horas de estudo

As longas horas dedicadas aos estudos, também, são causadoras de problemas como dores nas costas ou na musculatura. Outro problema muito comum é a circulação prejudicada, já que o estudante tende a passar muitas horas sentado sem se movimentar.

Nesse sentido, vale não só investir na prática de exercícios físicos regulares, mas de incluir na sua rotina de estudos, pelo menos 5 minutos de intervalo, dedicados a um alongamento ou uma rápida caminhada para buscar uma água ou espairecer a cabeça.

Essa movimentação vai ajudar a preservar o seu corpo e aliviar possíveis dores e ainda aumentará a sua capacidade de assimilação do conteúdo estudado.

Afinal, como fazer exercícios estimula o cérebro?

Além dos inúmeros benefícios que a prática de atividades físicas traz, como já citamos acima, ela também ajuda a evitar o sedentarismo e é uma excelente maneira de estimular o cérebro.

Devido ao fato de ter que aprender novas habilidades e desenvolver outros hábitos, o cérebro acaba ficando com os reflexos mais apurados e uma capacidade maior de concentração, que aumenta seu foco e acaba com a procrastinação.

Com isso, acaba-se desenvolvendo também a memória, que é diretamente afetada pela concentração e é uma das habilidades mais importantes na hora da prova. Afinal, não adianta estudar muito e ter “um branco” enquanto estiver respondendo as questões. É preciso ter memória afiada!

Todos estes processos ocorrem porque os exercícios estimulam a liberação de hormônios neurotransmissores, como dopamina e endorfina. Além de contribuírem para o bom funcionamento do cérebro, eles auxiliam a produzir a sensação de bem-estar, tão importante para o estudante neste momento de estresse e tensão, que envolve os preparativos para o vestibular.

Quais tipos de exercícios são os melhores?

Não existe uma resposta única e correta para esta questão, já que o melhor tipo de exercício varia de pessoa para pessoa. Uma dica primordial é escolher um tipo de atividade que você goste, para que a prática seja prazerosa e não seja tratada como mais uma obrigação.

Por isso, procure dar prioridade para uma atividade que você gosta. Se prefere esportes, encontre um grupo para praticar o seu preferido. Se você é daquelas pessoas que prefere academia, vale investir nesta atividade. O importante é encontrar algo que te traga benefícios e que seja prazeroso.

É importante mencionar também que você deve praticar atividades de forma recorrente, pelo menos 4 vezes por semana, durante meia hora. Lembre-se de que seu objetivo não é ser um atleta, então procure se exercitar com uma intensidade de leve a moderada.

E, se possível, escolha uma prática que movimente todas as partes do seu corpo, membros superiores e inferiores, pois ajudará a aliviar a tensão do corpo inteiro, o que é fundamental para um bom desempenho na hora da prova.

Como incluir os exercícios físicos na rotina de vestibulando?

Agora que você já está convencido da importância de fazer exercícios para ter um bom desempenho no vestibular, deve estar se perguntando como incluir mais essa tarefa em uma rotina, que já é tão atribulada. A resposta é mais simples do que parece e começa com organização.

No começo vai ser difícil, mas assim que você se acostumar vai perceber os benefícios e logo se dará conta de que você não está perdendo tempo, mas sim ganhando, pois seu rendimento será melhor. Você também passará a dormir melhor, o que vai aumentar o seu desempenho nos estudos.

Por isso, nosso conselho é que você se organize para incluir em seu roteiro de estudos uma pausa de pelo menos uma hora para fazer exercícios e todo processo que envolve a prática.

É importante estabelecer uma rotina e não deixar para praticar os exercícios somente quando der vontade. Trate este hábito com a mesma importância que você trata o conteúdo que precisa estudar!

Agora que você já sabe como fazer exercícios físicos vai te ajudar a passar no vestibular, você também vai gostar de conferir estas dicas incríveis de matemática para arrasar na prova do ENEM!

Sobre o autor

Faculdade de Rondônia

Deixar comentário.

Share This