Carreiras Engenharia Florestal

9 filmes ideais para futuros engenheiros florestais!

9-filmes-ideais-para-futuros-engenheiros-florestais.jpeg

O engenheiro florestal é um profissional cada vez mais necessário atualmente. Após a graduação, ele pode seguir diferentes caminhos, como ser o responsável por garantir e encontrar formas de exploração sustentável dos recursos naturais.

Também vai ser ele o encarregado de desenvolver projetos de preservação ambiental e reflorestamento. Ou seja, se pensarmos no futuro, o papel dele é imprescindível, não é mesmo?

Se você está pensando em seguir essa carreira, este post é para você. Nele, recomendamos 9 filmes para futuros engenheiros florestais, de modo que você desperte a consciência ambiental e esteja preparado para entender melhor assuntos que terá de lidar em sua profissão. Confira:

1. Lixo Extraordinário (2011)

É interessante perceber como o que é considerado descartável para uns pode ser a fonte de sustento de outros. Vivemos um período em que a necessidade de comprar é grande e trocamos com cada vez mais rapidez os produtos que utilizamos.

Para fazer uma reflexão sobre o grande desperdício atual e os reflexos no meio ambiente, o artista plástico brasileiro Vik Muniz foi até um dos maiores aterros sanitários do mundo, o Jardim Gramacho, no Rio de Janeiro.

Ele mostra em seu documentário, com muita sensibilidade, o trabalho dos catadores e como o lixo pode até ser transformado em arte.

2. Uma Verdade Inconveniente (2006)

Ganhador do Oscar de Melhor documentário, em 2007, este filme, projeto do ex-vice-presidente dos EUA Al Gore, faz uma forte reflexão sobre os efeitos do aquecimento global e como está a situação atual no planeta.

A intenção de Al Gore com o documentário é chamar a atenção das pessoas para os problemas enfrentados atualmente e o que deve ser feito para evitar que as mudanças climáticas se tornem cada vez mais fortes.

O documentário deve ser visto por todo engenheiro florestal, profissional que deve se preocupar com as questões ambientais e os impactos das ações da sociedade para o meio ambiente.

3. Wall-E (2008)

Quem foi que disse que uma animação infantil também não pode ser uma fonte de conhecimento e aprendizado para engenheiros florestais?

Em Wall-E, o nosso planeta passou a ser inabitável para humanos e foi necessário que todos passassem a viver em uma enorme nave. Enquanto isso, robôs tentam limpar a Terra e tornar a volta das pessoas possível — porém os anos passam e a volta parece cada vez mais distante e impossível.

O filme, apesar de não ter muitos diálogos, passa uma mensagem muito importante: se não tomarmos atitudes mais conscientes e continuarmos com a enorme geração de resíduos, como vai ser o futuro dos humanos na Terra?

4. A Última Hora (2007)

De nada adianta apontar os problemas e não colaborar para pensar em soluções. E é esse o diferencial do documentário A última hora. Ele mostra o que a ação do homem está provocando em nosso planeta, mas também conta com o depoimento de mais de 50 cientistas e pesquisadores que debatem algumas alternativas e recursos para reverter essa situação.

5. A História das Coisas (2011)

A história das coisas é um curta muito interessante e muito objetivo: estamos destruindo aos poucos o nosso planeta e temos que parar com isso! Atrativo para crianças e adultos, ele é todo em animação e dura menos de 30 minutos. É ótimo para levantar reflexões e debates e é ainda mais indicado para engenheiros florestais.

6. A Era da Estupidez (2009)

A era da estupidez se passa em um futuro não muito distante, em 2055, e em que as atitudes impensadas dos homens estão cobrando o seu preço.

Apesar de ser uma obra ficcional, o longa debate temas reais e relevantes, que se não forem tratados com cuidado agora, podem, sim, ter o mesmo futuro retratado no filme. Entre os assuntos, estão o desperdício, pobreza, guerras, aquecimento global e produção desenfreada de itens de consumo.

Pense em como você, engenheiro florestal, por meio de sua profissão será capaz de reverter esse cenário e tornar o nosso planeta um local sustentável e habitável para todos.

7. Flow: pelo amor à água (2008)

Se tem algo que é essencial para a nossa vida é a água e, infelizmente, nossos recursos hídricos estão se tornando cada vez mais escassos.

Apesar de parecer uma situação distante e impensável para muitos, já existem diversas regiões ao redor do mundo que precisam lidar com a falta de água. E um dos questionamentos que o filme faz é sobre quem é o dono da água, se ela é um recurso natural.

8. O Sal da Terra (2015)

Em o Sal da Terra, o diretor Juliano Ribeiro Salgado faz uma homenagem ao trabalho do renomado fotógrafo Sebastião Salgado — com base no projeto Gênesis, do fotógrafo, no qual ele contempla em suas lentes regiões pouco visitadas, a desigualdade social ao redor do Brasil e a devastação dos nossos recursos naturais.

Outro ponto mostrado no documentário é o Instituto Terra, que realiza um projeto social de reflorestamento na mata Atlântica e que busca a plantação de espécies no local.

9. Marcas da Água (2015)

Se a sua intenção é trabalhar com gestão ambiental, Marcas da água é um documentário que você deve ver o quanto antes.

O filme mostra como a água é tratada em diferentes situações, desde as poluições que sofre, por conta de indústrias, descarte inadequado de dejetos e produtos químicos e até em relação ao desperdício.

Além disso, você vai ver também que enquanto algumas partes do globo estão passando por grandes dificuldades devido à escassez da água, outras ainda têm aquedutos grandiosos, como o existente na China.

Esperamos que após ver cada um desses filmes e documentários você perceba a importância do seu trabalho como engenheiro florestal, prezando pelo uso correto dos nossos recursos naturais e elaborando formas de evitar que a degradação deles se perpetue através dos anos.

Já está fazendo a sua parte para tornar o planeta um local melhor? Conhece mais algum filme ou documentário que todos os engenheiros florestais devem ver? Então compartilhe com a gente, e outras pessoas interessadas em cursar Engenharia Florestal, as suas dicas nos comentários!

Sobre o autor

Faculdade de Rondônia

Deixar comentário.

Share This