Carreiras Engenharia Florestal

7 cursos para quem sonha em trabalhar com o meio ambiente

7-cursos-para-quem-sonha-em-trabalhar-com-o-meio-ambiente.jpeg

Você está terminando o ensino médio e tem pela frente a decisão que vai determinar o seu futuro: a escolha do curso superior. É natural que sua cabeça esteja fervilhando de dúvidas.

Então, já pensou em trabalhar com o meio ambiente e fazer a sua parte na missão de cuidar do planeta?

Para facilitar a sua decisão, nosso artigo vai abordar alguns cursos ligados ao meio ambiente que poderão ser determinantes para sua futura carreira. Aproveite a leitura!

1. Engenharia Florestal

O trabalho do engenheiro florestal é analisar os ecossistemas florestais e planejar seu uso racional e sustentável, preservando a fauna e a flora. O campo de atuação desse profissional é vasto e inclui, por exemplo:

  • projetos de reflorestamento;

  • preservação de reservas e parques naturais;

  • planejamento de áreas verdes em centros urbanos;

  • classificação de sementes e espécies vegetais;

  • recuperação de áreas de degradação;

  • educação ambiental;

  • atividades ligadas ao ecoturismo;

  • fiscalização da exploração e uso de produtos de origem florestal;

  • desenvolvimento de tecnologias para produtos florestais;

  • extração e industrialização de madeiras, óleos e resinas;

  • produção de papel e celulose.

A formação do engenheiro florestal é ampla, envolvendo disciplinas de ciências biológicas, ciências humanas e exatas. O curso qualifica o profissional para o estudo dos ecossistemas e suas relações sociais e econômicas, para que possíveis intervenções tenham o menor impacto natural possível.

O curso dura, em média, 5 anos, incluindo estágio e trabalho de conclusão de curso (TCC), e pode ser encontrado em universidades do norte ao sul do país.

2. Agronomia

O profissional formado em Agronomia atua aplicando técnicas e conhecimentos que visam uma agricultura mais racional e produtiva, para melhorar a qualidade de vida da comunidade.

O curso oferece uma formação multidisciplinar, englobando disciplinas de biologia, economia, química, botânica, zootecnia e muitas outras.

O constante crescimento do agronegócio no Brasil garante um bom mercado de trabalho para o agrônomo, o que inclui órgãos públicos, indústria de alimentos e de insumos agrícolas, propriedades rurais e empresas de exportação e importação. A indústria de biocombustíveis também abre portas para os agrônomos.

3. Gestão Ambiental

Se você sonha em trabalhar com o meio ambiente e quer se formar em menos tempo, graduar-se em Gestão Ambiental é uma opção atraente. Por ser um curso tecnológico, a formação é mais específica e a duração é mais curta: 2 ou 3 anos em média.

O tecnólogo em Gestão Ambiental trabalha para que os recursos naturais sejam utilizados com consciência e para que os impactos sobre o planeta sejam minimizados. O curso oferece formação humanística, incluindo Filosofia, Ética, Psicologia e Sociologia, além das disciplinas da área de Ciências Exatas.

O campo de atuação dos gestores ambientais é amplo. Eles podem ser encontrados trabalhando em mineradoras, portos, companhias de água e esgoto, usinas de energia, fábricas etc.

4. Oceanografia

A vida marinha é atraente para você? Pois o curso de Oceanografia proporciona a chance de trabalhar analisando aspectos dos oceanos, rios e lagos, bem como os fenômenos ligados a esse ambiente.

O trabalho do oceanógrafo inclui o estudo da fauna e flora marinha e das condições biológicas, químicas e físicas dos oceanos, mares e rios. Esse profissional atua para que a exploração humana do mundo marinho não afete o equilíbrio do ecossistema.

A atuação do oceanógrafo, além das pesquisas, acontece em projetos de preservação e recuperação ambiental, em empresas petrolíferas, em empreendimentos turísticos em localidades costeiras, no setor pesqueiro, na criação de animais marinhos etc.

O curso tem duração média de 5 anos, com estágio e TCC.

5. Meteorologia

Você pode estudar meteorologia como componente da grade curricular de vários cursos ligados ao meio ambiente, mas também como uma graduação à parte ou uma pós-graduação.

Neste curso, você estudará o comportamento da atmosfera e os fenômenos físicos que ocorrem de sua interação com a superfície do planeta. Tais estudos são de fundamental importância na redução e prevenção de desastres naturais e no planejamento ambiental.

A graduação dura 4 anos e a grade curricular inclui muitas disciplinas da área de exatas, pois o trabalho envolve cálculos e estatísticas.

As áreas que precisam do trabalho do meteorologista são, principalmente, a agricultura, a geologia, o turismo e as pesquisas sobre impacto ambiental. Como ainda existem poucos cursos em oferta no Brasil, há uma certa carência de graduados para suprir a demanda.

6. Biologia Marinha

O curso de especialização em Biologia Marinha é uma continuidade de estudos para quem se forma em Ciências Biológicas, mas já é oferecido como graduação específica em algumas poucas universidades brasileiras, especialmente no Rio de Janeiro e Florianópolis.

O foco do biólogo marinho é o estudo dos organismos vivos dos ecossistemas marinhos. Além dos mares, ele estuda a os seres que vivem em recifes, atóis, mangues, praias e qualquer ambiente onde a vida marinha floresça.

Como a preocupação com o meio ambiente cresce a cada dia, o mercado de trabalho para o biólogo marinho está em expansão. Ele pode atuar em pesquisas e consultorias para empresas públicas ou privadas.

7. Ecologia

Há diversas denominações de cursos com pequenas variações na grade curricular, mas que focam na preservação da natureza, voltados para quem sonha em trabalhar com o meio ambiente.

As universidades oferecem cursos de Ecologia, Ciências Ambientais, Economia Ecológica, Ciências Socioambientais e outras denominações. Alguns como graduação, outros como parte curricular de Ciências Biológicas ou de Ciências Sociais.

As disciplinas estudadas vão incluir biologia, matemática, química, geologia e outras específicas, como poluição, legislação e impactos ambientais. Além da sala de aula, o estudante terá aulas em campo e em laboratórios. O curso dura, em média, 4 anos.

A procura por profissionais da área tem crescido, devido à preocupação com a sustentabilidade e também para atender à rigorosa legislação ambiental brasileira.

O setor privado precisa de consultoria quanto ao uso da água e sobre impactos da produção sobre o meio ambiente. O setor público oferece vagas em órgãos como o IBAMA, o Ministério do Meio Ambiente, a Agência Nacional de Águas (ANA) e outros ligados à sustentabilidade.

Como você pode ver, as opções de cursos para quem sonha em trabalhar com o meio ambiente são muitas. Além dos mencionados, ainda é possível escolher cursos como Engenharia Ambiental, Engenharia Hídrica, Geofísica, Zootecnia e vários outros.

Cursos voltados para o meio ambiente são oferecidos em universidades de todo o Brasil. Eles abrem um amplo mercado de trabalho para os profissionais, que podem aliar uma carreira promissora à missão de preservar os recursos naturais que o planeta oferece.

​Gostou de saber disso? Você pode acompanhar a FARO – Faculdade de Rondônia, no YouTube e no Facebook e saber muito mais!

Sobre o autor

Faculdade de Rondônia

Deixar comentário.

Share This